publicidade
publicidade
Max:32° Min:21°
Araguaína
Araguaína-TO, segunda, 18 de dezembro de 2017
Siga a REDE TO

Municípios

Júri condena acusado de matar homem em boate de Araguaína

O assassinato aconteceu no banheiro da casa noturna, em abril de 2016

05/12/2017 18h59 | Atualizado em: 08/12/2017 20h11

Divulgação Djones Chaves Santos foi morto dentro do banheiro de uma casa noturna em Araguaína, norte do Tocantins, no dia 17 de abril do ano passado

REDAÇÃO
REDE TO


O Tribunal do Júri conendou, nesta segunda-feira, 04, um jovem acusado de matar outro em uma casa noturna, em Araguaína, na região norte do Tocantins, no dia 17 de abril do ano passado. Franklin Lucas Dias Silva, de 25 anos, foi sentenciado a 14 anos de prisão pela morte de Djones Chaves Santos. 

Conforme denúncia do Ministério Público Estadual, o acusado e a vítima tinham uma rixa anterior ao crime e, após uma discussão, no banheiro da boate, localizado no setor Jardim Itatiaia, Franklin atirou contra Djones. O tiro foi dado a curta distância, dificultando a defesa da vítima.

Presidido pelo juiz Francisco Vieira Filho, da 1ª Vara Criminal da Comarca de Araguaína, o júri popular entendeu quue ato praticado pelo réu foi considerado "homicídio qualificado pela torpeza do motivo e utilização de recurso que dificultou a defesa" da vítima.

Franklin irá cumprir a pena em regime fechado "em razão da quantidade de pena e porque o crime foi hediondo", justificou o magistrado. O acusado ainda pode recorrer da decisão. 


 

Obs.:

A REDE TO coloca este espaço à disposição de todos que queiram opinar ou discutir sobre os assuntos que tratam nossas matérias. Partilhe suas opiniões de forma responsável e educada e respeite a opinião dos demais. Contamos com a educação e bom senso dos nossos internautas para que este espaço continue sendo um ambiente agradável e democrático. Obrigado.