publicidade
publicidade
Max:31° Min:21°
Araguaína
Araguaína-TO, sábado, 17 de novembro de 2018
Siga a REDE TO

Municípios

Crianças são encontradas mortas após desaparecerem em praia

Vítimas, de cinco e seis anos, sumiram enquanto tomavam banho em praia

28/01/2018 14h02 | Atualizado em: 30/01/2018 20h10

Fotomontagem REDE TO Ludmylla Póvoa Ferreira, de cinco anos, e Davi Batista dos Santos, de seis, desapareceram enquanto tomavam banho em um local conhecido como Prainha, em Porto Nacional, na região central do Tocantins

REDAÇÃO
REDE TO


Duas crianças foram encontradas mortas, na manhã deste domingo, 28, no lago do rio Tocantins, em Porto Nacional, na região central do estado.
 Ludmylla Póvoa Ferreira, de cinco anos, e Davi Batista dos Santos, de seis, estavam desaparecidos desde a tarde deste sábado, 27. 

De acordo com os bombeiros, as crianças estavam tomando banho num lugar conhecido como Prainha. Os dois estavam acompanhados da mãe de Davi. A mulher contou que o filho e a garota desapareceram enquanto ela tirava um cochilo.

As buscas por Ludmylla e Davi tiveram início ainda na tarde de sábado, com mergulhos perto do local onde as crianças estavam. Com pouca visibilidade, os bombeiros interromperam os trabalhos por volta das 18 horas e recomeçaram às 5 horas da madrugada deste domingo. Cerca de uma hora depois, os corpos das vítimas foram localizados a 30 metros da areia. 

A hipótese mais provável é que Ludmylla e Davi tenham se afogado depois de entrarem na água sozinhos. As causas da morte, porém, só serão confirmados depois da conclusão do laudo cadavérico. Os corpos das crianças foram examinados no Instituto Médico Legal (IML) de Porto Nacional e liberados para sepultamento. O enterro está marcado para a manhã desta segunda-feira, 29, no cemitério Nossa Senhora das Mercês, em Porto. 


 

Obs.:

A REDE TO coloca este espaço à disposição de todos que queiram opinar ou discutir sobre os assuntos que tratam nossas matérias. Partilhe suas opiniões de forma responsável e educada e respeite a opinião dos demais. Contamos com a educação e bom senso dos nossos internautas para que este espaço continue sendo um ambiente agradável e democrático. Obrigado.

  • Aguarde novas notícias.