publicidade
publicidade
Max:29° Min:24°
Araguaína
Araguaína-TO, sábado, 24 de fevereiro de 2018
Siga a REDE TO

Municípios

Ministério Público apura denúncia contra médicos de hospital em Alvorada

02/02/2018 17h49 | Atualizado em: 06/02/2018 17h05

Ilustração A investigação foi motivada por denúncias de que alguns médicos que deveriam estar de plantão no Hospital de Pequeno Porte se encontravam realizando atendimento na UBS da cidade

O Ministério Público Estadual (MPE) instaurou Inquérito Civil Público (ICP) para apurar possíveis irregularidades nas escalas de trabalho dos médicos que exercem função no Hospital de Pequeno Porte de Alvorada, cumulada com o atendimento em Unidades Básicas de Saúde (UBS), e/ou clínicas particulares.

O ICP foi publicado no Diário oficial do MPE desta quinta-feira, 1, determinando a realização de diligências para oficiar o diretor do hospital a encaminhar à Promotoria de Alvorada uma série de informações e documentos. O prazo estabelecido foi de 15 dias.

No documento, o Promotor de Justiça Adailton Saraiva Silva requisita que sejam encaminhadas as escalas dos médicos desde janeiro de 2017, bem como as folhas de frequência ou outros documentos que comprovem a assiduidade dos mesmos, além de informações a respeito do vínculo que os profissionais possuem com a Administração Pública.

Também oficiou o Secretário de Saúde do Município para que, no mesmo prazo, envie a Promotoria uma listagem com a indicação do local de trabalho e nomes dos médicos que atuam ou atuaram nas Unidades Básicas de Saúde desde janeiro de 2017.

A investigação foi motivada por denúncias de que alguns médicos que deveriam estar de plantão no hospital se encontravam realizando atendimento na UBS da cidade no mesmo horário, sem que houvesse qualquer controle ou fiscalização.

 

Da Ascom/MPE-TO

Obs.:

A REDE TO coloca este espaço à disposição de todos que queiram opinar ou discutir sobre os assuntos que tratam nossas matérias. Partilhe suas opiniões de forma responsável e educada e respeite a opinião dos demais. Contamos com a educação e bom senso dos nossos internautas para que este espaço continue sendo um ambiente agradável e democrático. Obrigado.