publicidade
publicidade
Max:32° Min:21°
Araguaína
Araguaína-TO, terça, 25 de setembro de 2018
Siga a REDE TO

Municípios

Colégio Agropecuário de Almas retoma regime de internato após cinco anos

16/02/2018 16h37 | Atualizado em: 16/02/2018 19h24

Divulgação A escola atende alunos do ensino fundamental, do curso Técnico em Agropecuária e do Técnico em Zootecnia

O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Educação, Juventude e Esportes (Seduc) reabre este ano o internato do Colégio Agropecuário de Almas. A escola atende alunos do ensino fundamental, do curso Técnico em Agropecuária e do Técnico em Zootecnia. O objetivo é ofertar educação de qualidade com base nos eixos: acesso, atendimento, permanência e sucesso.

O Colégio Agropecuário de Almas foi inaugurado no ano de 1997. Na época, atendia alunos do ensino fundamental, do 5º ao 8º ano, e do curso Técnico em Agropecuária em regime de internato, um total de 80 estudantes que pertenciam à zona rural e cidades circunvizinhas. Outros 120 alunos estudavam na modalidade de ensino regular, totalizando 200 estudantes.

No ano de 2013, o regime de internato foi fechado, mas os alunos concluíram o curso técnico em Agropecuária que haviam começado. Atualmente, a unidade de ensino atende 70 estudantes distribuídos no 9º ano do ensino fundamental, na 1ª, 2ª, e 3ª séries do curso Técnico em Agropecuária e na 3ª série do curso Técnico em Zootecnia.

Com a reabertura do internato, a unidade de ensino vai possibilitar o atendimento de até 250 alunos. A permanência na escola, dos alunos que moram distantes dela, a realização de forma significativa das atividades teóricas e práticas, o atendimento efetivo sobre o ensino e aprendizagem conforme a estrutura curricular e a proposta pedagógica dos cursos ofertados são formas de garantir educação de qualidade para todos os alunos.

Conforme Maria do Socorro Soares Coelho, gerente de Educação do Campo e Quilombola, a Seduc trabalha incansavelmente para garantir o atendimento a todos os alunos. “Com a reabertura do regime de internato na escola, podemos garantir um ensino a todos os alunos que vivem próximo à escola, além de atender aqueles alunos que moram mais distantes, em forma de internato”, concluiu.

 

Com Secom/Governo do TO

Leia sobre: AlmasEducaçãoInternatoMatrículasSeducTocantins
Obs.:

A REDE TO coloca este espaço à disposição de todos que queiram opinar ou discutir sobre os assuntos que tratam nossas matérias. Partilhe suas opiniões de forma responsável e educada e respeite a opinião dos demais. Contamos com a educação e bom senso dos nossos internautas para que este espaço continue sendo um ambiente agradável e democrático. Obrigado.