publicidade
publicidade
Araguaína-TO, terça, 12 de novembro de 2019
Siga a REDE TO

Estado

Tocantins é o 11º estado que mais expandiu o agronegócio em 2017

Os estados menos industrializados tiveram peso maior na soma do PIB

14/03/2018 14h13 | Atualizado em: 15/03/2018 20h03

Divulgação/Aldemar Ribeiro Com crescimento de 2,7%, o Tocantins ficou à frente de estados como o Pará (2,1%), Ceará (1,3%), Bahia (0,30%) e Goiás (0,1%)

O Tocantins ocupou o 11º lugar dentre os estados brasileiros que mais expandiram no setor do agronegócio em 2017, ficando acima da média nacional em termos de crescimento do Produto Interno Bruto (PIB), ao contrário das regiões Sul e Sudeste, conforme apontado por reportagem da Folha de São Paulo. O texto afirma que regiões que anteriormente registravam pouco peso na soma total dos bens e serviços do País, tiveram um impulso maior em relação aos estados industrializados.

Em comparação com as regiões em que foram apontados aumentos no PIB, o Tocantins figurou com crescimento de 2,7%, ficando à frente de estados como o Pará (2,1%), Acre (1,9%), Alagoas (1,6%), Ceará (1,3%), Rondônia (0,70%), Bahia (0,30%), Goiás (0,1%) e Amapá (0,1%).

Segundo a Secretaria de Estado do Planejamento e Orçamento (Seplan), para 2018 a previsão do PIB tocantinense é de aproximadamente R$ 32,3 bilhões. Dados de 2015 do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) apontavam uma taxa de crescimento acumulado no Tocantins, no período de 2010 a 2015 de 23,8%, perdendo apenas para o estado de Mato Grosso.

De acordo com a economista Grazielle Azevedo Evangelista, analista na Seplan, com a crise econômica que afetou o país, estados muito industrializados tenderam a perder participação no PIB devido ao enfraquecimento do setor industrial. “Neste caso, estados com forte identidade na agropecuária, como o Tocantins, tem segurado o valor do PIB”, ressaltou.

Dados

De acordo com a Gerência de Contas Regionais da Seplan, as atividades de Administração Pública, Comércio, Atividades Imobiliárias, Agricultura e Pecuária são as que possuem maior participação no PIB do Estado. Segundo os dados de 2015, o setor agropecuário teve um acréscimo, em volume, de 8% em relação ao ano anterior, decorrente do bom desempenho da agricultura, impulsionado pelas atividades de lavoura temporária, cultivo de cereais e soja.

 

Da Secom/Governo do TO

Obs.:

A REDE TO coloca este espaço à disposição de todos que queiram opinar ou discutir sobre os assuntos que tratam nossas matérias. Partilhe suas opiniões de forma responsável e educada e respeite a opinião dos demais. Contamos com a educação e bom senso dos nossos internautas para que este espaço continue sendo um ambiente agradável e democrático. Obrigado.