publicidade
publicidade
Araguaína-TO, terça, 15 de outubro de 2019
Siga a REDE TO

Municípios

Por telefone, bombeiro ajuda salvar bebê de 12 dias engasgado no TO

20/03/2018 19h05 | Atualizado em: 21/03/2018 19h47

Divulgação/Corpo de Bombeiros-TO Após susto, sargento Hugo Alessandro Silva Fernandes posa para foto com o pequeno João Victor, de apenas 12 dias de vida

REDAÇÃO
REDE TO


Os bombeiros salvaram uma criança vítima de engasgamento, na noite deste domingo, 19, em Paraíso do Tocantins, na região centro-oeste do estado. O caso aconteceu por volta das 20h48, no setor Pouso Alegre. O pequeno João Victor, de apenas 12 dias de vida, engasgou-se com o próprio leite materno, logo após a amamentação.

O atendimento foi realizado por telefone pelo sargento Hugo Alessandro Silva Fernandes. Quem entrou em contato com os bombeiros foi o primo do pai da criança, Renato Maciel Bandeira. Renato foi orientado a colocar a criança por sobre o braço, apoiando a cabeça voltava para baixo e com os dedos abertos, fazendo abertura das vias aéreas, e dando leves tapinhas nas costas entre as escápulas, na tentativa de desobstrução. 

Segundo os bombeiros, o procedimento foi realizado, mas o menino continuou engasgado, o que levou o sargento Hugo a sugerir a Renato que pedisse à mãe de João Victor, Rafaela Dias de Sousa, que aplicasse uma segunda técnica. Os familiares foram orientados a fazer respiração de emergência na boca e nariz da criança com a boca. Desta vez, a criança espirrou e chorou, saindo secreção das vias aéreas.

“Saliento que crianças em fase de amamentação, após serem alimentadas, devem ser colocadas para arrotar, isso evita o ar acumulado no estômago retornar líquido pelas vias respiratórias e ainda fazendo com que, ao respirar, o leite pode parar nos pulmões e cause assim o afogamento”, explicou o sargento. 

De acordo com os bombeiros, os pais da criança se comprometeram a levar a criança ao hospital para uma melhor avaliação com um médico. Na manhã desta segunda-feira, 19, o sargento Fernandes foi até a residência da família, conheceu João Vitor e constatoy que mãe e filho passam bem. 


 

Obs.:

A REDE TO coloca este espaço à disposição de todos que queiram opinar ou discutir sobre os assuntos que tratam nossas matérias. Partilhe suas opiniões de forma responsável e educada e respeite a opinião dos demais. Contamos com a educação e bom senso dos nossos internautas para que este espaço continue sendo um ambiente agradável e democrático. Obrigado.