publicidade
publicidade
Araguaína-TO, terça, 20 de agosto de 2019
Siga a REDE TO

Estado

IBGE: Com 10ª menor taxa, Tocantins tem 74 mil desempregados

O estado conta, atualmente, com 1,2 milhão de pessoas em idade ativa

21/03/2018 14h22 | Atualizado em: 22/03/2018 12h04

Arquivo/Agência Brasil Segundo o IBGE, no 4º trimestre de 2017, 10,5% da população tocantinense estava sem emprego

O Estado do Tocantins possui a décima menor taxa de desemprego entre os Estados brasileiros. A informação consta dos dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD) divulgada no início do mês pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), e se refere ao 4º trimestre de 2017.

Da população tocantinense de 1 milhão e 555 mil pessoas, 1 milhão e 211 mil estão em idade ativa, ou seja: aquela acima de 14 anos de idade ou mais consideradas aptas a trabalhar. O saldo restante de 333 mil está abaixo dessa escala.

Do total de pessoas ativas, 74 mil estão sem trabalho ou procurando emprego, conforme os dados, o que corresponde a 10,5% da população tocantinense. 

O resultado mostra que o número de desempregos no Tocantins caiu de 92 mil do 4º trimestre de 2016 para 74 mil no 4º trimestre de 2017, com uma variação de 19,6 %, o que corresponde a 18 mil trabalhadores empregados. Já a população ocupada aumentou em 3,3%, com 20 mil pessoas a mais no mercado de trabalho.

No 3º trimestre de 2017 a população ocupada era de 594 mil, e passou para 630 mil no 4º trimestre do mesmo ano, com uma variação positiva de 6,1%, o que representou 36 mil pessoas a mais no mercado de trabalho.

 

Com Secom/Governo do TO

Leia sobre: CAGEDDesempregoEconomiaEmpregoIBGENúmerosTocantinsTrabalho
Obs.:

A REDE TO coloca este espaço à disposição de todos que queiram opinar ou discutir sobre os assuntos que tratam nossas matérias. Partilhe suas opiniões de forma responsável e educada e respeite a opinião dos demais. Contamos com a educação e bom senso dos nossos internautas para que este espaço continue sendo um ambiente agradável e democrático. Obrigado.

  • Aguarde novas notícias.