publicidade
publicidade
Araguaína-TO, sábado, 28 de novembro de 2020
Siga a REDE TO

Rede 190

Prestador de serviços é assassinado na zona rural de Wanderlândia

O crime, ocorrido no povoado Floresta, apresenta características de execução

24/03/2018 12h37 | Atualizado em: 26/03/2018 16h48

Divulgação João Batista Alves Carneiro, de 35 anos, foi morto a tiros, nesta sexta-feira, 23, no povoado Floresta, em Wanderlândia, na região norte do Tocantins

REDAÇÃO
REDE TO


A Polícia Civil (PC) está investigando a morte de um homem na tarde desta sexta-feira, 23, na zona rural de Wanderlândia, no norte do Tocantins. João Batista Alves Carneiro, de 35 anos, foi assassinado a tiros, por volta das 17 horas, no povoado Floresta, que fica às margens da BR-153. 

De acordo com a delegada Sarah Lilian de Souza Rezende, responsável pelo caso, João Batista morava em Araguaína e prestava serviços na área de convênios para prefeituras da região, entre elas a de Wanderlândia. 

Conforme relatos, a vítima foi levada em um carro até uma estrada vicinal no Floresta. Em seguida, João Batista foi obrigado a descer do veículo e levou dois tiros, um na cabeça e outro no tórax. 

Moradores do povoado disseram à polícia ter ouvido pelo menos três disparos e que viram o momento em que dois veículos deixaram o local em alta velocidade. Um deles teria sido usado para transportar João Batista até a estrada. 

A delegada Sarah Lilian informou que já ouviu familiares e amigos de João Batista e segundo eles, o homem não estava recebendo ameaças.  

Por enquanto, a principal linha de investigação aponta para crime de execução, mas os motivos e a autoria ainda precisam ser esclarecidos. 

O corpo de João Batista foi examinado no Instituto Médico Legal (IML) de Araguaína e liberado para sepultamento na cidade. 


 

Obs.:

A REDE TO coloca este espaço à disposição de todos que queiram opinar ou discutir sobre os assuntos que tratam nossas matérias. Partilhe suas opiniões de forma responsável e educada e respeite a opinião dos demais. Contamos com a educação e bom senso dos nossos internautas para que este espaço continue sendo um ambiente agradável e democrático. Obrigado.

  • Aguarde novas notícias.