publicidade
publicidade
Araguaína-TO, quarta, 13 de novembro de 2019
Siga a REDE TO

Estado

Marcelo Miranda reúne equipe após ter mandato de governador cassado

26/03/2018 16h49 | Atualizado em: 27/03/2018 12h02

Divulgação/Pedro Barbosa Cassado pelo TSE, governador Marcelo Miranda (MDB) reuniu secretários no Palácio Araguaia, nesta segunda-feira, 26

REDAÇÃO
REDE TO


Após ter o mandato cassado pelo Tribunal Superior Eleitoral, o governador Marcelo Miranda (MDB) convocou 1º e 2º escalões do Governo, na manhã desta segunda-feira, 26, para uma reunião de rotina, no Palácio Araguaia. Em pauta, a apresentação de relatórios por parte dos gestores, informações e comunicados, dentre eles a prioridade do pagamento dos servidores. O encontro teve início às 9 horas, terminando por volta das 13h30.

Em tom de despedida, Marcelo Miranda iniciou ressaltando a confiança e o reconhecimento que deposita em cada gestor. Determinou que mantivessem as ações indispensáveis para que a máquina estatal não pare. "Especialmente as pastas de atenção básica, a exemplo da Saúde, da Segurança e da Educação", frisou.

Durante a reunião, o governador cassado anunciou também o fechamento da folha de março e reforçou que o pagamento dos servidores é prioridade.

Decisão do TJ

Marcelo Miranda também comentou a liminar do desembargador Marco Villas Boas, do Tribunal de Justiça, que suspendeu o concurso da Polícia Militar e proibiu o governador de promover PMs fora da data legal e de realizar gastos não prioritários. "Respeitaremos a decisão, mesmo considerando desnecessária, pois, em momento algum da minha vida pública faria uso ou determinaria, aos meus secretários, a prática de atos ilícitos", afirmou o governador.

Balanço

No espaço destinado a pronunciamentos dos secretários, foi lembrado o que vem sendo feito na atual administração do Estado. Marcelo Miranda ressaltou o empenho dos secretários; citou como exemplo o dinheiro em caixa, como é o caso de R$ 340 milhões de uma parceria com o Banco Mundial; os passos já dados para a construção da nova ponte de Porto Nacional; os avanços e investimentos em todas as áreas, especialmente nas de Saúde, Educação, Segurança e Infraestrutura.

O governador encerrou a reunião agradecendo pelo empenho e pela dedicação de cada um. “Desde o início, enfrentamos momentos difíceis. Enfrentamos crises e adversários que se incomodam com o nosso trabalho. Por isso eu digo: nada do que aconteceu nos últimos dias pode nos abater. Minha gratidão pela solidariedade nesse momento em que a vida nos coloca diante de mais um desafio”, finalizou.


 

Obs.:

A REDE TO coloca este espaço à disposição de todos que queiram opinar ou discutir sobre os assuntos que tratam nossas matérias. Partilhe suas opiniões de forma responsável e educada e respeite a opinião dos demais. Contamos com a educação e bom senso dos nossos internautas para que este espaço continue sendo um ambiente agradável e democrático. Obrigado.