publicidade
publicidade
Araguaína-TO, quarta, 16 de outubro de 2019
Siga a REDE TO

Estado

Ex-prefeito de Barra do Ouro é condenado pela morte de policial militar

Ex-gestor foi condenado a oito anos de prisão no semiaberto; MPE irá recorrer

06/04/2018 12h46 | Atualizado em: 10/04/2018 22h52

Reprodução/TV Anhanguera Ex-prefeito de Barra do Ouro, Eustáquio Filho, foi condenado pela morte de PM, em Araguaína, em 1991

REDAÇÃO
REDE TO


Após vários adiamentos, o ex-prefeito de Barra do Ouro, Eustáquio Antônio de Oliveira Filho, foi julgado e condenado, nesta quinta-feira, 05, a oito anos de prisão no regime semiaberto pela morte do policial militar Celsimar Pereira da Silva, em Araguaína. 

De acordo com o promotor de justiça Paulo Alexandre Rodrigues de Siqueira, o crime aconteceu em 1991 e teve grande repercussão na região. Julgado em 2009, Eustáquio foi condenado a 14 anos de prisão, mas recorreu ao Tribunal de Justiça e foi absolvido. Na época, o Ministério Público Estadual (MPE) recorreu ao Superior Tribunal de Justiça (STJ), que determinou a realização de um novo júri.

O novo julgamento aconteceu nesta quinta, em Araguaína. Siqueira defendeu a tese de homicídio qualificado, acolhida pelos jurados. Não satisfeito com a condenação, o representante do MPE interpôs apelação ao TJ solicitando pagamento de indenização à família da vítima, aumento da pena para cumprimento no regime fechado e execução imediata da sentença, com as consequências criminais e eleitorais cabíveis. Os pedidos ainda vão ser analisados pelo Tribunal de Justiça.  

Como ainda cabe recurso da decisão do júri, o ex-prefeito Eustáquio poderá recorrer em liberdade. 

Sobre o crime

Conforme a denúncia, horas antes do assassinato, o político trafegava em alta velocidade pelas ruas de Araguaína e, por pouco, não atropelou um policial militar que resolveu segui-lo e descobriu que ele era vizinho do sargento Celsimar, a quem contou o acontecido.

O sargento então teria procurado o político para uma conversa e teria sido recebido com um tiro de arma de fogo, que resultou em sua morte.

Eustáquio esteve no comando da Prefeitura de Barra do Ouro entre 2001 e 2009. Atualmente, sua esposa é a prefeita do município localizado na região norte do Tocantins. 

Outro lado

Até a conclusão deste texto, a REDE TO não havia conseguido falar com o ex-prefeito Eustáquio. O espaço está aberto para que ele possa se posicionar. O email para envio de notas é [email protected]


 

Obs.:

A REDE TO coloca este espaço à disposição de todos que queiram opinar ou discutir sobre os assuntos que tratam nossas matérias. Partilhe suas opiniões de forma responsável e educada e respeite a opinião dos demais. Contamos com a educação e bom senso dos nossos internautas para que este espaço continue sendo um ambiente agradável e democrático. Obrigado.