publicidade
publicidade
Max:30° Min:22°
Araguaína
Araguaína-TO, segunda, 10 de dezembro de 2018
Siga a REDE TO

Rede 190

Mais de 30 são presos durante a 2ª etapa de operação em Araguaína

Operação "Varredura", da PC, cumpriu vários mandados de prisão em aberto

11/04/2018 16h32 | Atualizado em: 17/04/2018 18h20

Fotos: Divulgação/SSP-TO Polícia Civil (PC) realiza nesta terça, 10, e quarta-feira, 11, em Araguaína, norte do Tocantins, a Operação Varredura

REDAÇÃO
REDE TO


Mais de 30 pessoas foram presas nesta terça, 10, e quarta, 11, durante a segunda fase da operação “Varredura”, deflagrada em Araguaína, na região norte do Tocantins. De acordo com a Polícia Civil (PC), a ação tem como principal objetivo cumprir mandados de prisões em aberto. 

Até a conclusão deste texto, 31 pessoas tinham sido detidas. Os presos respondem por crimes como homicídio, tráfico de drogas, roubo e estupro ou por dívidas de natureza civil oriundas do não pagamento de pensão alimentícia. 

Jose Miguel da Silva (68 anos), Aparecido da Silva Cruz (34) e João Batista Lopes de Freitas (32) foram presos por homicídio; Julio Cesar Rodrigues dos Santos e Luceli ferreira da Silva, (51) por tráfico; Josiel Rosário da Rocha (24), Edivan Alves da Silva (31), Flavio da Silva Fernandes (23) e Kássio Martins Amorim (23) por roubo; e Dourivan Pereira dos Santos (67) por estupro. 

De acordo com a delegada Suráia Vilela, “a operação varredura está na segunda fase, e retira de circulação pessoas que cometeram diversos crimes e estão em débito com a justiça, e será executada e em todo o estado de foram integrada com as regionais da polícia civil, com o fim de combater firmemente a criminalidade”.

Após serem presos, os suspeitos foram encaminhados para a Casa de Prisão Provisória de Araguaína, onde permanecem à disposição do Poder Judiciário.


 

Obs.:

A REDE TO coloca este espaço à disposição de todos que queiram opinar ou discutir sobre os assuntos que tratam nossas matérias. Partilhe suas opiniões de forma responsável e educada e respeite a opinião dos demais. Contamos com a educação e bom senso dos nossos internautas para que este espaço continue sendo um ambiente agradável e democrático. Obrigado.