publicidade
publicidade
Araguaína-TO, segunda, 23 de setembro de 2019
Siga a REDE TO

Estado

Acusado de estupro se entrega após dois anos e fica preso só três dias

19/04/2018 17h36 | Atualizado em: 23/04/2018 13h43

Divulgação/PMPR Ministério Público recorreu da decisão que libertou homem acusado de estupro, em Paranã, na região sudeste do Tocantins

REDAÇÃO
REDE TO


O Ministério Público Estadual apresentou, na última quarta-feira, 18, recurso contra a decisão judicial que libertou um homem acusado de estupro em Arraias, na região sudeste do Tocantins. De acordo com o MPE, o réu, que não teve o nome divulgado, ficou foragido por dois anos e ao apresentar-se, permaneceu preso por apenas três dias.

Os crimes teriam ocorrido de forma reiterada entre os anos de 2013 e 2015. Quando começaram os abusos, a vítima tinha apenas 11 anos de idade. 

Segundo o promotor de justiça João Neumann Marinho da Nóbrega, estão presentes no caso todos os requisitos para a decretação da prisão preventiva, quais sejam o fato de o homem ter permanecido foragido por muito tempo e devido à probabilidade de nova fuga em caso de sentença condenatória.

“Ser colocado em liberdade três dias após se apresentar significa, para a sociedade, tratamento diferenciado e privilegiado pela Justiça, sobretudo em face do poderio econômico do réu e da sua família”, argumentou o representante do MInistério Público, contrapondo a situação de outros acusados, de menor poder aquisitivo, em crimes dessa natureza.

O recurso, apresentado junto ao Tribunal de Justiça (TJ), requer que seja reformada a decisão de 1º grau que revogou a prisão preventiva e que seja decretada a prisão cautelar do acusado. 


 

Obs.:

A REDE TO coloca este espaço à disposição de todos que queiram opinar ou discutir sobre os assuntos que tratam nossas matérias. Partilhe suas opiniões de forma responsável e educada e respeite a opinião dos demais. Contamos com a educação e bom senso dos nossos internautas para que este espaço continue sendo um ambiente agradável e democrático. Obrigado.