publicidade
publicidade
Araguaína-TO, quinta, 22 de agosto de 2019
Siga a REDE TO

Rede 190

Operação prende grupo acusado de dar golpe no PIS no Tocantins

Quadrilha usava documentos falsos para efetuar saques indevidos do PIS

25/04/2018 12h44 | Atualizado em: 26/04/2018 16h55

Fotos: Divulgação/SSP-TO Polícia desmontou, nesta terça-feira, 24, organização criminosa acusada de usar documentos falsos para sacar o PIS

REDAÇÃO
REDE TO


A Polícia Civil (PC) desarticulou, na tarde desta terça-feira (24), na região sudeste do Tocantins, uma quadrilha acusada de usar documentos falsos para efetuar saques do PIS, em agências bancárias da Caixa Econômica Federal.

Segundo o delegado Márcio Duarte Teixeira, a ação policial foi deflagrada após a prisão em flagrante, nesta terça, de Ana Gabriela Fonseca Campos, na agência da Caixa em Taguatinga. Na ocasião, Ana Gabriela portava um RG falso, que seria utilizado para realizar os saques.

Os funcionários do banco disseram que uma das comparsas da mulher conseguiu empreender fuga da agência, assim que o atendente percebeu a fraude, deixando para trás, contudo, o documento de identidade falso. 

Graças ao trabalho de apuração, a polícia descobriu, logo depois, que os demais integrantes da quadrilha tinham fugido em um carro de passeio em direção a Dianópolis. 

Montado um cerco na região, os agentes conseguiram localizar e prender Adelino Carvalho Ramos, Henrique Gomes de Paiva e Edima Rosania Ribeiro de Magalhães, no momento em que o grupo se preparava para uma nova investida criminosa na Caixa de Dianópolis.

Com os suspeitos, foram apreendidos insumos para fabricação de documentos falsos, cédulas de identidade falsas, notebook , impressora, além do carro.

Na delegacia, durante interrogatório, parte dos suspeitos confessou que haviam se associado para praticar saques de PIS não só no Estado do Tocantins, mas também na Bahia e no Distrito Federal.

Todos foram autuados em flagrante por estelionato e uso de documento falso e levados para a Cadeia Pública de Taguatinga, onde permanecem à disposição da Justiça. 


 

Obs.:

A REDE TO coloca este espaço à disposição de todos que queiram opinar ou discutir sobre os assuntos que tratam nossas matérias. Partilhe suas opiniões de forma responsável e educada e respeite a opinião dos demais. Contamos com a educação e bom senso dos nossos internautas para que este espaço continue sendo um ambiente agradável e democrático. Obrigado.

  • Aguarde novas notícias.