publicidade
publicidade
Max:33° Min:19°
Araguaína
Araguaína-TO, quinta, 18 de outubro de 2018
Siga a REDE TO

Municípios

Grávida perde bebê e morre após moto ser atingida por caminhão

16/05/2018 10h20 | Atualizado em: 16/05/2018 12h16

Arquivo Pessoal Vanderlice Alves de Sousa, de 31 anos, morreu na madrugada desta quarta-feira, 16, no Hospital Geral de Palmas (HGP)

REDAÇÃO
REDE TO


Uma grávida de oito meses morreu na madrugada nesta quarta-feira, 16, após ser atropelada na região sul de Palmas. A vítima foi identificada como Vanderlice Alves de Sousa, de 31 anos. O acidente, envolvendo uma motocicleta e um caminhão de uma empresa de bebidas, aconteceu no fim da tarde desta terça-feira, 15, na avenida NS-04, localizada entre as quadras Arse 91 e Arse 92 (antiga 904 e 906 Sul). 

De acordo com testemunhas, Vanderlice estava na garupa da moto. O veículo era conduzido pelo irmão dela. A motocicleta foi atingida na traseira no momento em que o condutor parou na faixa de pedestres para uma mulher atravessar. Com a batida, o motociclista e a passageira caíram. Os dois foram encaminhados pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Norte. 

Reclamando de fortes dores na lombar, Vanderlice foi levada para a Dona Regina. Na maternidade, foi constatada a morte do bebê que ela esperava. O procedimento para a retirada do corpo da barriga da mulher foi realizado no Hospital Geral de Palmas. Depois da cirurgia, o estado de saúde grave da paciente piorou e ela acabou falecendo na madrugada desta quarta. 

O irmão de Vanderlice recebeu atendimento médico e não corre risco de morte. Nenhum dos ocupantes do caminhão sofreu ferimentos. A empresa responsável pelo veículo não se pronunciou sobre o acidente. 

O corpo de Vanderlice deu entrada no Instituto Médico Legal (IML) da capital na manhã desta quarta.  

A família da grávida esteve em uma delegacia e registrou um boletim de ocorrência. O condutor do caminhão foi identificado, prestou esclarecimentos e foi liberado. A Polícia Civil (PC) disse que irá aguardar a conclusão do laudo pericial para apurar eventuais responsabilidades. 


 

Obs.:

A REDE TO coloca este espaço à disposição de todos que queiram opinar ou discutir sobre os assuntos que tratam nossas matérias. Partilhe suas opiniões de forma responsável e educada e respeite a opinião dos demais. Contamos com a educação e bom senso dos nossos internautas para que este espaço continue sendo um ambiente agradável e democrático. Obrigado.

  • Aguarde novas notícias.