publicidade
publicidade
Araguaína-TO, quinta, 25 de fevereiro de 2021
Siga a REDE TO

Municípios

Júri condena traficante que matou outro por dívida

22/05/2018 17h58 | Atualizado em: 22/05/2018 18h59

Divulgação/CNJ

REDAÇÃO
REDE TO


O Tribunal do Júri de Araguaçu, na região sul do Tocantins, condenou, na última segunda-feira, 21, Alfredo de Souza Neto a oito anos de prisão pela morte de José Moreira Florêncio. Segundo o Ministério Público Estadual, o crime teria sido motivado por uma dívida relacionada ao tráfico de drogas.

De acordo com a denúncia feta pelo MPE, José revendia drogas para Alfredo em Araguaçu. Os negócios iam bem até quando a vítima começou a atrasar os pagamentos ao fornecer. Depois de fazer ameaças, o acusado teria decidido se vingar do antigo comparsa executando-o a tiros.

O corpo de José Moreira foi encontrado com perfurações de bala, em estado de decomposição, no dia 19 de dezembro do ano passado. 

Os jurados acataram a tese do Ministério Público e condenaram Alfredo pela pratica de homicídio qualificado por motivo torpe e por ter dificultado a defesa da vítima.

O traficante foi sentenciado oito anos e seis meses de reclusão em regime fechado. Ao dosar a pena, o juiz Nelson Rodrigues da Siva, que presidiu o júri, disse que levou em consideração as circunstâncias atenuantes da confissão espontânea do réu e o fato do autor do crime ter menos 21 anos quando praticou o homicídio.


 

Obs.:

A REDE TO coloca este espaço à disposição de todos que queiram opinar ou discutir sobre os assuntos que tratam nossas matérias. Partilhe suas opiniões de forma responsável e educada e respeite a opinião dos demais. Contamos com a educação e bom senso dos nossos internautas para que este espaço continue sendo um ambiente agradável e democrático. Obrigado.