publicidade
publicidade
Max:30° Min:22°
Araguaína
Araguaína-TO, segunda, 10 de dezembro de 2018
Siga a REDE TO

Municípios

Após receber ameaças, travestis ganham medida protetiva

08/06/2018 17h49 | Atualizado em: 08/06/2018 18h14

Divulgação/Loise Maria Em decisão inédita no Tocantins, Justiça reconheceu direito à medida protetiva a grupo de travestis ameaçados de morte em Araguaína, no norte do Tocantins

REDAÇÃO
REDE TO


Ameaço de morte por um homem, um grupo de travestis de Araguaína, na região norte do Tocantins, teve reconhecido, na Justiça, o direito à medida protetiva. O pedido foi feito pela Defensoria Pública. 

De acordo com o defensor Sandro Ferreira, coordenador do
Núcleo Aplicado de Defesa das Minorias e Ações Coletivas (Nuamac), o crime teria sido motivado por homofobia, uma vez que não existe nenhuma ligação entre o suspeito e as pessoas ameaças, o que, no entendimento dele, configura uma "violação de direitos humanos". 

Segundo uma das vítimas, frequentemente, um homem aparentemente embriagado passava de caminhonete próximo ao local de trabalho das travestis, e as ameaçava. Ela contou que, no último dia 19, o suspeito esteve no local portando arma de fogo e, novamente, ameaçou as travestis de morte.

O defensor afirma que, inicialmente, o juiz Antônio Dantas, da 2ª Vara Criminal de Araguaína determinou a prisão do homem por ameaça, porte ilegal de arma de fogo e embriaguez. Mas na última quarta-feira, 06, ao retificar a sentença, o magistrado acrescentou uma medida cautelar do “afastamento do indiciado em relação às vítimas descritas no processo”. A decisão é inédita no Tocantins.

Conforme Sandro Ferreira, com a medida protetiva, o suspeito está proibido de se aproximar das travestis. 


 

Obs.:

A REDE TO coloca este espaço à disposição de todos que queiram opinar ou discutir sobre os assuntos que tratam nossas matérias. Partilhe suas opiniões de forma responsável e educada e respeite a opinião dos demais. Contamos com a educação e bom senso dos nossos internautas para que este espaço continue sendo um ambiente agradável e democrático. Obrigado.