publicidade
publicidade
Araguaína-TO, segunda, 25 de janeiro de 2021
Siga a REDE TO

Municípios

Quadrilha Rancho Velho volta a vencer Arraiá da Amizade

25/06/2018 12h09 | Atualizado em: 25/06/2018 16h35

Divulgação Quadrilha junina Rancho Velho conquistou o 11º título de campeã do Arraiá da Amizade, festival realizado em Gurupi, na região sul do Tocantins

Após quatro anos sem título, a tradicional junina Rancho Velho sagrou-se campeã do 19º Arraiá da Amizade em Gurupi, conquistando seu 11º troféu, na noite deste sábado, 23, com o espetáculo “A magia do Amor”, história em que uma boneca ganhou vida para dançar com um homem que buscava o amor da sua vida.

A junina Rancho Velho iniciou em 2002 como uma brincadeira de amigos do bairro e ela foi crescendo e a cada ano se reinventando para fazer bonito a cada edição do Arraiá da Amizade. Marcelo Lopes, um dos fundadores da junina, relata os desafios sobre manter viva essa chama e como no decorrer dos anos a equipe foi se modernizando e profissionalizando. “Não é fácil estarmos aqui, mas é gratificante. E a cada ano nos motivamos para trazer ao público um espetáculo bonito”, conta destacando que os anos sem título não os desmotivaram.

Após o anúncio do título, Marcelo comentou que valeu à pena o esforço e a espera. “Mostramos o nosso trabalho com garra e emoção e deu tudo certo. Agora é trabalhar para o ano que vem”, finalizou Marcelo.

Liliane Azevedo, Rainha da Rancho Velho, estava emocionadíssima, pois desde 2013 não dançava e conta que sua volta ao seu grupo de coração não poderia ter sido melhor. “Somos uma família, passamos vários meses ensaiando, nos preparando para trazer uma apresentação que o público goste e ainda com outras preocupações como figurino, por exemplo, e quando chegamos aqui, toda aquela tensão que passamos o ano todo se transforma em emoção”, conta.

Em segundo lugar, ficou a Fulô de Mandacaru, de Palmas, que trabalhou com o tema “ Tempo, o Senhor do Destino”, em que relatava o desencontro de um casal, mas que ao final se reencontrou e viveu seu grande amor. Destacaram que há tempo para o perdão, o amor, para cura de todas as feridas e que nunca é tarde para ser feliz.

Com o título de terceiro colocado, a “Carrapixo do Sertão”, de Gurupi, também arrancou aplausos do público com o tema “O legado de Dominguinhos”, em que contaram a vida e obra desse que foi um dos maiores artistas do nordeste brasileiro.

A junina que ano passado não se apresentou, veio com muita energia e conquistou o prêmio de melhor casal de noivos com Jenifer Alves e José Marcos dos Santos, que apresentaram ao público e aos jurados muita sintonia.

Jamires Teixeira, que está na Junina desde sua formação em 2012, comentou que foi emocionante poder estar de volta no Arraiá e contar com o apoio da torcida, perceber que eles aprovam o espetáculo e que se emocionam junto com o grupo. Destacou a homenagem ao Dominguinhos, que segundo ela, foi para lembrar o quanto ele foi importante no cenário cultural, que morreu, mas permanece no coração de todos.

Ela ainda falou da dedicação que todos têm para fazer bonito. “Olha, apresentamos em junho, em setembro já começamos a trabalhar para o próximo ano. O ritmo é intenso”, destacou.

As três juninas dividiram o prêmio de 20 salários mínimos e troféus.

A festa ainda contou com a participação da Banda Xamego Meu que animou o público com variados estilos musicais dançantes.

Aquecimento da Economia

A 19ª edição do Arraiá da Amizade bateu recorde de público e foi um sucesso para os comerciantes locais, que montaram suas barraquinhas e ofereceram o que tinham de melhor, muita comida boa e tradicional, artesanato e brincadeiras para a criançada.

O vendedor de cachorro quente, conhecido como Chiquinho do dog, participa há mais de 10 anos do Arraiá, destacou a beleza da festa e a movimentação do público que superou suas expectativas. “O arraiá da amizade é lindo demais, esse ano deu muita gente, a festa foi muito boa, as vendas foram maiores, está de parabéns”, elogiou.

A dona Izabel Lustosa, que vende espetinhos, ressaltou o crescimento das vendas a cada dia de arraiá, e acredita que parte disso se deve a mudança de local, que deu mais espaço para o público prestigiar o evento. “Vale a pena participar dessa festa, por sua beleza e principalmente pela valorização do nosso trabalho, as vendas foram muito boas, e foi melhor essa realização aqui na avenida Pará, tivemos mais espaço, foi bem melhor”, disse.

Com Secom/Prefeitura

Obs.:

A REDE TO coloca este espaço à disposição de todos que queiram opinar ou discutir sobre os assuntos que tratam nossas matérias. Partilhe suas opiniões de forma responsável e educada e respeite a opinião dos demais. Contamos com a educação e bom senso dos nossos internautas para que este espaço continue sendo um ambiente agradável e democrático. Obrigado.