publicidade
publicidade
Araguaína-TO, quarta, 24 de abril de 2019
Siga a REDE TO

3 h antes de acidente, Boechat falou sobre tragédias em programa

11/02/2019 20h00 | Atualizado em: 11/02/2019 20h17

Reprodução O jornalista Ricardo Boechat, de 66 anos, morreu na queda de um helicóptero no início da tarde desta segunda-feira (11)

O jornalista Ricardo Boechat, de 66 anos, morreu na queda de um helicóptero no início da tarde desta segunda-feira (11) em um dos acessos da Rodovia Anhanguera, que liga a capital paulista, ao interior. Segundo o Corpo de Bombeiros, o piloto da aeronave, Ronaldo Quattrucci, também morreu carbonizado.

O motorista de um caminhão atingido no acidente foi resgatado pelo serviço da concessionária que administra a via. Ele teve ferimentos leves, recebeu atendimento médico e foi liberado para prestar depoimento na delegacia.

Coincidência 

Na manhã desta segunda, Ricardo Boechat comentou, em seu programa na rádio BandNews FM, sobre as tragédias que têm assolado o Brasil nos últimos dias. O jornalista não imaginava que, três horas depois, ele próprio seria vítima de uma trágica fatalidade. 

História

Boechat era apresentador do Jornal da Band e da rádio BandNews FM e tinha uma coluna semanal na revista ISTOÉ.

O jornalista nasceu em Buenos Aires, na Argentina, quando o pai Dalton Boechat, diplomata, estava a serviço do Ministério das Relações Exteriores. Dono de um humor ácido, usava essa característica para noticiar fatos e criticar situações. O tom era frequente nos comentários de rádio, televisão e também na imprensa escrita.

Políticos, magistrados e organizações vieram a público para lamentar a morte do jornalista. 

 

Com Agência Brasil

Obs.:

A REDE TO coloca este espaço à disposição de todos que queiram opinar ou discutir sobre os assuntos que tratam nossas matérias. Partilhe suas opiniões de forma responsável e educada e respeite a opinião dos demais. Contamos com a educação e bom senso dos nossos internautas para que este espaço continue sendo um ambiente agradável e democrático. Obrigado.