publicidade
publicidade
Max:31° Min:23°
Araguaína
Araguaína-TO, quinta, 21 de fevereiro de 2019
Siga a REDE TO

Estado

Unitins assume rádio e TV públicas e pretende lançar novo curso

12/02/2019 18h14 | Atualizado em: 13/02/2019 13h31

Divulgação/Cristian Reurison Com a nova estrutura, universidade passa a gerenciar e operar emissoras com programação local e educativa

A Universidade Estadual do Tocantins (Unitins) passou por reformulação administrativa com mudanças em seu organograma. Entre as alterações está a criação da Diretoria de TV e Rádio, vinculada à Pró-Reitoria de Extensão, Cultura e Assuntos Comunitários, que será responsável pela operação das concessões/outorgas de rádio e TV educativas da Unitins e anteriormente executadas por meio da Fundação Redesat.

Com a alteração, as emissoras 96 FM e TVE Tocantins passam a integrar totalmente a estrutura da Unitins. A nova estrutura da instituição consta no Anexo V da Medida Provisória 01/2019 do Governo do Estado do Tocantins – “Anexo I à Lei 3.124/2016”.

“É importante destacar que a estrutura da rádio e da TV não vem como apêndice da Unitins, mas sim dentro da nossa estrutura direta e funcional”, ressalta o reitor Augusto Rezende pontuando, também, que “existe um esforço enorme para não haja descontinuidade no funcionamento da rádio e da TV e, por isso, a equipe técnica está fazendo a mudança estrutural de forma gradativa”.

“Percebemos esse processo como um desafio e uma grande oportunidade. Com as emissoras a educação superior será ainda mais valorizada no Tocantins, de modo que a Unitins terá condições de chegar a locais em que fisicamente não conseguiria, levando conhecimento, cultura e oportunidade para o povo tocantinense”, diz Augusto Rezende.

Programação educativa

Sobre a programação das emissoras o reitor destacou que, inicialmente, estão mantidas as programações atuais, até que haja uma discussão conceitual para definição da programação final a ser adotada na TV e na rádio.

“A Unitins assume os meios de comunicação [TV e rádio] a partir de 2019 em um formato diferente, tendo essa previsão na própria estrutura e atuando diretamente com foco educativo. Um formato mais enxuto, otimizado, utilizando o poder e recursos das mídias digitais”, pontua o reitor.

Economia

O reitor da Unitins, Augusto Rezende, que também responde pela Fundação Redesat, destaca que, com a nova estrutura governamental, há uma grande economia para o estado, a começar pelo prédio onde a Redesat funcionava, que tinha aluguel mensal no valor de R$ 17 mil e está sendo devolvido; além da economia no quadro de servidores, desde presidente, vice-presidente, diretores, coordenadores, gerentes e outros colaboradores, cargos que não serão mais ocupados.

Os equipamentos que estavam emprestados da Unitins para a Redesat estão sendo devolvidos à universidade – câmeras, computadores, ilhas de edição de vídeo, entre outros. A Comissão instituída para acompanhar o processo de incorporação está levantando as informações do patrimônio da Fundação para, posteriormente, deliberar se também serão destinados à universidade ou para outras pastas do estado.

Bacharelado em Comunicação Social 

Enquanto instituição de ensino superior, a Unitins projeta a criação do curso superior de bacharelado em Comunicação Social com habilitação Multimídia, com o objetivo de aproveitar ainda mais toda a potencialidade estrutural, de pessoal e equipamentos da rádio e TV. O projeto deve ser apresentado nas próximas reuniões dos órgãos colegiados máximos da universidade – Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (Consepe) e Conselho Universitário (Consuni).

“Um formato convergente em que as plataformas de mídia se encontram e que tem sido implantado e valorizado nas grandes instituições. Então, nada melhor que a Unitins enquanto instituição de conhecimento propor um curso de Comunicação Social para fortalecer e valorizar esses dois veículos [TV e rádio]”, explica Augusto Rezende.

Servidores

A maioria dos servidores lotados na Fundação Redesat atualmente são de quadro administrativo. A Unitins orientou esses colaboradores quanto ao procedimento que será adotado na realocação do pessoal. “Aqueles que tiverem interesse em vir para a Unitins podem nos procurar, providenciaremos esse remanejamento para a nossa estrutura. Estamos de portas abertas para recebê-los. Mas também deixamos toda a equipe à vontade para manifestar interesse junto à Secad para serem lotados noutra pasta”, explica o reitor.

A Unitins conta com servidores efetivos que atuarão na Diretoria de TV e rádio, como produtores e cinegrafistas, de modo a atender a atividade fim do setor. Quanto a contratos temporários ou nomeações necessárias, o reitor explica que “isso será feito dentro da nossa estrutura e no decorrer das discussões do formato que a Unitins adotará tanto no rádio quanto na TV”.

TV Cultura

A Unitins considera a assinatura do Termo de retransmissão da TV Cultura a partir do mês de março, que para Augusto Rezende “é um ganho para nosso estado e nossa comunidade. Tem grade de programação muito atrativa, programas infantis, educativos, documentários”.  

 

Com Secom/Governo do TO

Obs.:

A REDE TO coloca este espaço à disposição de todos que queiram opinar ou discutir sobre os assuntos que tratam nossas matérias. Partilhe suas opiniões de forma responsável e educada e respeite a opinião dos demais. Contamos com a educação e bom senso dos nossos internautas para que este espaço continue sendo um ambiente agradável e democrático. Obrigado.