publicidade
publicidade
Araguaína-TO, Sunday, 24 de March de 2019
Siga a REDE TO

Estado

Banco da Amazônia irá disponibilizar R$ 2 bilhões para investimentos no Tocantins

20/02/2019 13h27

Divulgação O valor é oriundo do Fundo Constitucional de Financiamento do Norte (FNO), principal fonte de recursos do Banco da Amazônia

Gerar emprego, renda e fornecer alimentos de qualidade aos tocantinenses são um dos principais objetivos do produtor rural Gilvan Barros, atuante no estado de Tocantins há mais de 50 anos. “Para 2019 eu espero continuar com essa ampla possibilidade de financiamentos, o Fundo Constitucional de Financiamento do Norte (FNO) é sinônimo de desenvolvimento, progresso, geração de emprego e renda, acredito na capacidade que ele tem de mudar o panorama de uma região e gerar o bem estar social”, afirma Gilvan.

Para realizar e ampliar mais negócios como este no estado, o presidente do Banco da Amazônia, Valdecir Tose, e o governador do Tocantins, Mauro Carlesse (PHS), assinam, no dia 26 de fevereiro, o Protocolo de Intenções para Aplicação de Recursos em 2019. Neste ano, a Instituição disponibiliza, inicialmente, R$ 1,7 bilhão para a economia do estado, tendo a intenção de fazer com que este valor chegue até R$ 2 bilhões.

De acordo com o superintendente regional da instituição financeira no Tocantins, Marivaldo Melo, no ano de 2018, o Banco da Amazônia aplicou cerca de R$ 1 bilhão e 100 milhões somente no Tocantins. “Para esse ano precisamos estabelecer uma meta um pouco mais ousada de até R$ 2 bilhões. Por isso, a parceria com o estado é de grande importância na articulação de infraestrutura e criação de um ambiente de negócios e assistência técnica”, afirmou.

FNO

Com a atuação do Fundo Constitucional de Financiamento do Norte (FNO), principal fonte de recursos do Banco, a região amazônica conquistou resultados positivos, como a diminuição da pobreza, a geração de emprego e renda, a contenção do êxodo rural, a inclusão social e a redução das desigualdades intra e inter-regionais. “Os impactos são imensos, pois a cada 100 empresas ou novos negócios, 63 têm a participação do Banco, através do FNO”, informou o presidente.

Os valores disponibilizados para o FNO no estado comporão um portfólio com as mais variadas Linhas de Crédito, destacando-se o "FNO - Amazônia Sustentável" que atende os setores rurais e não-rurais; o "FNO-MPE", linha exclusiva para os micro e pequenos empreendedores do estado cujo faturamento anual não ultrapassem R$ 4,8 milhões/ano; o "FNO-MEI", voltado para os microempreendedores dos mais diversos setores formais; o "PRONAF - Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar", que leva recurso aos mini e pequenos produtores rurais familiares; além dos mais recentes lançamentos, como o "Fundo de Financiamento Estudantil (FIES)", oferecendo aos estudantes amapaenses juros mais baixos para realizar o curso de graduação; a linha "Energia Verde", que apoia a produção de energias renováveis na região; e o "FNO Infraestrutura", com recursos destinados para obras que beneficiem a vida da população, como saneamento básico, telecomunicações, transporte, dentre outras.

Para a Amazônia Legal, a estimativa é que o Banco da Amazônia disponibilize R$ 12,9 bilhões neste ano de 2019, segundo o presidente Valdecir Tose. Desse total, R$ 9,3 bilhões são originários do FNO. Os demais são do Fundo de Desenvolvimento da Amazônia (FDA) e do Orçamento Geral da União (OGU). O restante, R$ 2,98 bilhões, pertence à carteira de crédito comercial da Instituição.

Para os próximos cinco anos, está prevista a ampliação do acesso ao crédito pelos interessados em obter recursos do FNO. “Temos como perspectivas implementar os representantes e agentes de crédito para locais onde não há unidade do Banco; dar maior agilidade e automatização no processo de aprovação dos projetos; análise, contratação e liberação através do Fomento Digital, com acesso democrático e condições igualitárias; e criar plataformas digitais de acompanhamento e liberação automática”, afirmou o presidente Valdecir Tose.

Banco da Amazônia

Com 76 anos de atividade, o Banco da Amazônia é a principal instituição financeira de fomento da Amazônia. Atua em nove estados brasileiros, investindo em empreendimentos rurais e urbanos, que possibilitem o desenvolvimento da região. Confira mais informações no site www.bancoamazonia.com.br e nas redes sociais do Banco.

  

Obs.:

A REDE TO coloca este espaço à disposição de todos que queiram opinar ou discutir sobre os assuntos que tratam nossas matérias. Partilhe suas opiniões de forma responsável e educada e respeite a opinião dos demais. Contamos com a educação e bom senso dos nossos internautas para que este espaço continue sendo um ambiente agradável e democrático. Obrigado.