publicidade
publicidade
Araguaína-TO, quarta, 19 de junho de 2019
Siga a REDE TO

Municípios

Arraias: Menores que mataram homem por dívida são internados

25/03/2019 17h02 | Atualizado em: 29/03/2019 19h29

Ilustração Adolescentes são acusados de participar do homicídio de José Luiz Bispo Ferreira, conhecido como Zé Pestana, em Arraias, na região sul do Tocantins

Atendendo a uma representação do Ministério Público Estadual (MPE), o juiz da 1ª Vara Cível de Arraias determinou, por meio de sentença, a aplicação da medida socioeducativa de internação a quatro adolescentes daquela cidade que participaram do homicídio de José Luiz Bispo Ferreira, conhecido como Zé Pestana, em 18 de novembro de 2018.

A internação dos adolescentes deve se dar pelo prazo mínimo de seis meses e pelo período máximo de três anos, ou até que eles completem 21 anos de idade. Eles encontram-se no Centro de Assistência Socioeducativo Estadual (Case) de Gurupi, no sul do Tocantins. 

Na sentença, o magistrado considerou a privação do convívio social uma “necessidade de conter e controlar a insegurança da população e sepultar a crença da impunidade. Além disso, pontuou que a criminalidade começa a ganhar espaço, o que exige uma resposta severa dos órgãos competentes”.

Um dos adolescentes participou do assassinato enquanto mandante, juntamente a pessoa maior de idade, enquanto os outros três outros agiram mediante promessa de pagamento e recompensa, na forma de dinheiro e drogas ilícitas.

A morte teria se dado por motivo torpe, uma vez que a vítima possuía dívida relativa à compra de drogas e não teria cedido às reiteradas cobranças e ameaças por parte dos coautores intelectuais. O homicídio teria sido praticado mediante o emprego de meio cruel e de recurso que dificultou a defesa da vítima.

Na representação, o promotor de Justiça João Neumann Marinho da Nóbrega relata que a vítima foi atraída para uma residência, onde foi cercada pelos autores e recebeu disparos de arma de fogo a curta distância, na cabeça e em outras partes do corpo. Ele caiu ao solo agonizando, momento em que lhes foram aplicados golpes de faca e de facão, que lhe causaram a morte após extremo sofrimento físico e mental.

 

Com Ascom/MPE-TO

Obs.:

A REDE TO coloca este espaço à disposição de todos que queiram opinar ou discutir sobre os assuntos que tratam nossas matérias. Partilhe suas opiniões de forma responsável e educada e respeite a opinião dos demais. Contamos com a educação e bom senso dos nossos internautas para que este espaço continue sendo um ambiente agradável e democrático. Obrigado.