publicidade
publicidade
Araguaína-TO, segunda, 18 de novembro de 2019
Siga a REDE TO

Estado

BRK deve resolver problema de falta de água em Dianópolis

25/04/2019 18h47 | Atualizado em: 06/05/2019 17h39

Divulgação Entre os dias 18 e 23 de março, a cidade de Dianópolis, na região sudeste do Tocantins, enfrentou uma grave crise no abastecimento de água

REDAÇÃO
REDE TO


A Justiça determinou que a BRK Ambiental providencie, em caráter liminar, o fornecimento de água potável à população do município de Dianópolis, na região sudeste do Tocantins. A decisão, do último 15 de abril, é do juiz Jossanner Nery Nogueira Luna e atende a pedido feito pela Defensoria Pública em parceria com o Ministério Público Estadual. 

A decisão estipula que o fornecimento de água deve ser feito por meio de caminhões-pipa, em caso de futuras interrupções injustificadas, principalmente por período superior a seis horas, em no mínimo uma central de distribuição por setor e nas escolas, hospitais e postos de saúde, sob pena de multa R$ 5 mil por local não atendido.

Para o defensor público José Raphael Silvério, com essa decisão da Justiça quem ganha é a população do município, que vem sofrendo com constantes problemas no abastecimento de água da cidade.

Segundo o defensor, entre os dias 18 e 23 de março, Dianópolis enfrentou uma crise no abastecimento. A falta de água atingiu órgãos públicos, escolas, delegacias, comprometendo o funcionamento de vários serviços públicos. “Em nenhum momento a empresa avisou previamente sobre a interrupção, nem disponibilizou carros pipas, fazendo com que a população ficasse revoltada realizando protesto, abaixo-assinado online, registrando mais de 40 reclamações no Procon”, explicou Silvério. 

Outro lado

Em nota enviada a REDE TO, a
 BRK Ambiental informou que interrupção do abastecimento em Dianópolis "ocorreu devido à problemas no sistema de distribuição e o serviço já está normalizado". A concessionária disse ainda que "prestou informações aos órgãos e à população e continua à disposição para esclarecer dúvidas sobre o ocorrido".

 

Obs.:

A REDE TO coloca este espaço à disposição de todos que queiram opinar ou discutir sobre os assuntos que tratam nossas matérias. Partilhe suas opiniões de forma responsável e educada e respeite a opinião dos demais. Contamos com a educação e bom senso dos nossos internautas para que este espaço continue sendo um ambiente agradável e democrático. Obrigado.