publicidade
publicidade
Araguaína-TO, quarta, 16 de outubro de 2019
Siga a REDE TO

Estado

Ministério Público apura fraudes cometidas por servidores do Naturatins

06/05/2019 15h59 | Atualizado em: 07/05/2019 17h39

Divulgação Ministério Público está apurando suposta fraudes cometidas por servidores do Instituto Natureza do Tocantins (Naturatins)

REDAÇÃO
REDE TO


O Ministério Público Estadual está investigando uma série de crimes ambientais supostamente cometidos por servidores do Instituto Natureza do Tocantins (Naturatins). A apuração ocorrerá no âmbito de um procedimento administrativo instaurado na última sexta-feira, 03. 

De acordo com o MPE, foram propostas nove ações criminais, todas na Justiça Estadual. O objetivo é responsabilizar funcionários públicos, prestadores de serviços e proprietários de imóveis rurais que tenham envolvimento com o desmatamento em áreas de reserva legal no Tocantins. Nenhum investigado teve o nome divulgado.

O autor dos pedidos é o promotor de Justiça Francisco José Pinheiro Brandes Júnior. Segundo ele, além da punição aos envolvidos, o Ministério Público quer também a recuperação dos danos ambientais provocados pela atividade ilegal. 

O promotor requisitou informações sobre as providências administrativas adotadas a fim de sanar as irregularidades apontadas e sobre eventuais eventuais procedimentos disciplinares instaurados em desfavor dos servidores responsáveis pelas fraudes.


 

Obs.:

A REDE TO coloca este espaço à disposição de todos que queiram opinar ou discutir sobre os assuntos que tratam nossas matérias. Partilhe suas opiniões de forma responsável e educada e respeite a opinião dos demais. Contamos com a educação e bom senso dos nossos internautas para que este espaço continue sendo um ambiente agradável e democrático. Obrigado.