publicidade
publicidade
Araguaína-TO, segunda, 19 de agosto de 2019
Siga a REDE TO

Rede 190

Miranorte: Suspeito de estuprar a própria neta de 9 anos é indiciado

08/05/2019 21h00 | Atualizado em: 09/05/2019 14h46

Ilustração Durante investigações sobre estupro da neta de nove anos, polícia identificou outras duas vítimas do suspeito

REDAÇÃO
REDE TO



A Polícia Civil (PC) do Tocantins indiciou, nesta terça-feira, 08, um idoso, 51 anos, pelos crimes de estupro de vulnerável majorado e de aliciamento de crianças para a prática de atos libidinosos. Os crimes foram praticados entre os meses de outubro e novembro do ano passado, em Miranorte, na região central do Tocantins, contra uma criança de nove anos, outra de 10 e uma terceira de seis. 

De acordo com o delegado Lucas Brito Santana, responsável pelas investigações, primeiramente, o homem foi apontado como autor de um estupro contra a própria neta, de nove anos. A violência sexual, explica, teria sido comprovada por meio de exames. 

Como havia risco de o suspeito comprometer a colheita de provas, a polícia pediu e o Judiciário acatou a prisão temporária do homem. Ele foi detido no início de abril deste ano.

Ainda segundo o delegado, no decorrer das investigações, a polícia descobriu que o homem tinha aliciado outras duas crianças para a prática de atos libidinosos. Diante disso, a polícia pediu à Justiça que transformasse a prisão temporária em preventiva, uma vez que esta última, diferente da primeira, não tem prazo definido. No fim de abril, a ordem judicial foi expedida. 

O suspeito está preso na Cadeia Pública de Miranorte. Caso seja condenado, ele pode pegar até mais de 20 anos de prisão.

Concluído, o inquérito do caso foi encaminhado ao Poder Judiciário, que irá remetê-lo ao Ministério Público, a quem cabe fazer a denúncia. 


 

Obs.:

A REDE TO coloca este espaço à disposição de todos que queiram opinar ou discutir sobre os assuntos que tratam nossas matérias. Partilhe suas opiniões de forma responsável e educada e respeite a opinião dos demais. Contamos com a educação e bom senso dos nossos internautas para que este espaço continue sendo um ambiente agradável e democrático. Obrigado.

  • Aguarde novas notícias.