publicidade
publicidade
Araguaína-TO, segunda, 18 de novembro de 2019
Siga a REDE TO

Municípios

Polícia Civil indicia jovem pelo assassinato de idoso em Nova Olinda em 2010

14/05/2019 11h48 | Atualizado em: 15/05/2019 15h01

Ilustração Emiliano José Bezerra, de 72 anos, foi assassinado com um porrete depois que a mulher dele se recusou a atender pedido do suspeito para baixar o som de casa

REDAÇÃO
REDE TO


A Polícia Civil do Tocantins concluiu, nesta segunda-feira, 13, o inquérito sobre a morte de um idoso, em Nova Olinda, na região norte do Tocantins. O crime, com motivação fútil, aconteceu no dia 11 de setembro de 2010. A vítima é Emiliano José Bezerra, de 72 anos.

De acordo com o delegado Luis Gonzaga da Silva Neto, responsável pelas investigações, no dia do crime, o suspeito, com 22 anos à época, foi até a residência de Emiliano e pediu que ele reduzisse o som da casa dele. A companheira da vítima, porém, negou-se a atender ao pedido, o que provocou uma discussão entre ambos.

Na sequência, explica o delegado, o suspeito voltou para sua casa, pegou um porrete de madeira e retornou ao imóvel da vítima, desferindo um golpe na cabeça de Emiliano, que não resistiu aos graves ferimentos sofridos e morreu.

Luis Gonzaga afirma que várias testemunhas viram o suposto autor desesperado no meio da rua, dizendo estar arrependido do que acabara de fazer. 

Segundo a autoridade policial, o suspeito indiciado por homicídio qualificado por motivo fútil, cuja pena total pode chegar a 30 anos de cadeia. O caso foi encaminhado ao Poder Judiciário, que deve repassá-lo ao Ministério Público, responsável pelo oferimento da denúncia.


 

Obs.:

A REDE TO coloca este espaço à disposição de todos que queiram opinar ou discutir sobre os assuntos que tratam nossas matérias. Partilhe suas opiniões de forma responsável e educada e respeite a opinião dos demais. Contamos com a educação e bom senso dos nossos internautas para que este espaço continue sendo um ambiente agradável e democrático. Obrigado.