publicidade
publicidade
Araguaína-TO, terça, 22 de outubro de 2019
Siga a REDE TO

Municípios

Parque tecnológico incentiva abertura de negócios em Araguaína

04/06/2019 10h50 | Atualizado em: 05/06/2019 23h01

Divulgação/Marcos Sandes Pequitec busca potencializar ações de empreendedorismo não só de alunos de universidade, mas também para todas as classes e características possíveis da região

Araguaína está entre as 100 melhores cidades de médio porte para se fazer negócio, segundo ranking da Revista Exame (2018) que analisa, entre outros fatores, o empreendedorismo. É justamente nesta área que trabalha o Pequitec, com conhecimento acadêmico e profissional para estimular novas ideias comerciais.

O nome que remete ao fruto do Cerrado é a sigla para Parque de Empreendedorismo, Qualificação e Inovação, localizado no bloco G, do Centro Universitário Unitpac. De acordo com a professora e coordenadora do parque, Rafaella Kalil, a intenção é potencializar ações de empreendedorismo não só dos alunos, mas também para todas as classes e características possíveis da região.

“Araguaína já é um polo de desenvolvimento de tecnologia. Estamos vendo que somos vocacionados, sim, a empreender. E há um movimento na evolução de políticas públicas de apoio, principalmente aos microempresários individuais (MEI)”, explicou a coordenadora, acrescentando que em pouco mais de um ano de funcionamento, o local já contribuiu com 20 negócios de diferentes tipos de maturidades, entre empresas formalizadas e startups.

“São negócios como o Pontua Aê, um aplicativo de fidelização de clientes que está sendo prototipado, saindo do cartãozinho para uma plataforma unitária e digital. E o VetPalm, um guia para o veterinário que já foi lançado, e que estamos ajudando na ideia de internacionalização”, explicou Rafaela.

União para crescer mais

Empresários e instituições estão se unindo para formar a Rede de Empreendedorismo e Inovação da Tecnologia de Araguaína e Região. O secretário municipal da Fazenda, Fabiano Souza, informou que a Prefeitura será parceira do comitê gestor.

“Nós podemos apoiar no direcionamento, pois temos o planejamento urbano e econômico. E ainda extinguir algumas burocracias, diminuindo os custos de transação”, informou o secretário.

Ventre para novos negócios

O Pequitec tem também espaço para incubação de startups e coworking gratuito, com internet, uso de ambiente climatizado e ainda impressora. Uma das ideias de negócio que se desenvolvem no local é a TULT – Soluções em Web Mobile em Araguaína, dos alunos formados na instituição Thiago Trento, 23 anos, e Uslei Bispo, 26 anos.

“A gente saiu um pouco cru da faculdade e o Pequitec nos auxiliou com mentorias, guiando sobre qual caminho seguir no mundo dos negócios. Como empreender de forma correta, sem apanhar tanto do mercado”, citou Trento. Sua startup já desenvolveu um aplicativo para organização de uma clínica veterinária e está prestes a lançar mais dois.

“Depois de desenvolver uma plataforma para um cliente, a gente resolveu mudar a estratégia e produzir apps para nós mesmo”, contou Trento sobre a importância da mentoria. Os próximos dois aplicativos serão voltados para cultura regional de agricultura e pecuária. Um pretende facilitar a compra de hortifrutis com delivery e o outro organizar o uso da pastagem pelo gado, usando coeficientes estudados na Zootecnia.

“A ideia é colocar em demonstração na Expoara. Como Araguaína tem uma boa logística, estando perto do Nordeste e também do Pará, acreditamos que teremos mais produtores visualizando e acreditando em nosso trabalho. Hoje, a tecnologia ajuda na produtividade e na qualidade do campo e o produtor está aprendendo isto”, analisou Trento.

 

Da Ascom/Prefeitura

Obs.:

A REDE TO coloca este espaço à disposição de todos que queiram opinar ou discutir sobre os assuntos que tratam nossas matérias. Partilhe suas opiniões de forma responsável e educada e respeite a opinião dos demais. Contamos com a educação e bom senso dos nossos internautas para que este espaço continue sendo um ambiente agradável e democrático. Obrigado.