publicidade
publicidade
Araguaína-TO, sexta, 13 de dezembro de 2019
Siga a REDE TO

Estado

Presos arrecadam R$ 5 mil para construção de hospital

04/06/2019 12h58 | Atualizado em: 04/06/2019 13h54

Divulgação Detentos da cadeia de Arapoema, no norte do Tocantins, arrecadaram dinheiro para ajudar na construção do Hospital de Amor, em Palmas

REDAÇÃO
REDE TO


Detentos da Cadeia Pública de Arapoema, na região norte do Tocantins, arrecadaram R$ 5 mil para a construção do Hospital de Amor, em Palmas. O dinheiro foi conseguido por meio de um leilão de peças de artesanatos feitas pelos próprios presos. 

A iniciativa foi autorizada pelo juiz da comarca de Arapoema, Rosemilton Alves, e pelo diretor da Cadeia Pública de Arapoema, Adalberto Santana.

Foram à leilão produtos feitos de papel e palito e também tapetes. “A melhor forma de ressocialização é aproximando o reeducando da sociedade através de ações solidárias, isso vem sendo realizado através da parceria com o judiciário local”, comentou o diretor da unidade prisional. 

“Nós nos mobilizamos para apoiar o leilão do hospital com nossos artesanatos, com essa ação ajudamos o próximo, pois um dia também poderemos precisar. Ficamos satisfeitos com a resposta do público ao comprarem nossos utensílios e esperamos que o dinheiro arrecadado contribua para erguer o hospital mais rápido possível”, conta um dos detentos. 

Hospital de Amor

Com o objetivo de se tornar referência no tratamento do câncer no Tocantins, o Hospital de Amor se sustenta exclusivamente de doações. Após ser inaugurado, a previsão é que serão realizados 25 mil atendimentos ao ano. As doações podem ser feitas através do Banco Bradesco, Agência 2397-3, Conta Corrente 68790-1 ou Banco do Brasil, Agência 3371-5, Conta Corrente 5810-6, ambas em nome da Fundação Pio XII.


 

Obs.:

A REDE TO coloca este espaço à disposição de todos que queiram opinar ou discutir sobre os assuntos que tratam nossas matérias. Partilhe suas opiniões de forma responsável e educada e respeite a opinião dos demais. Contamos com a educação e bom senso dos nossos internautas para que este espaço continue sendo um ambiente agradável e democrático. Obrigado.

  • Aguarde novas notícias.