publicidade
publicidade
Araguaína-TO, segunda, 19 de agosto de 2019
Siga a REDE TO

Estado

MP denuncia uma das maiores quadrilhas de traficantes do Tocantins

07/06/2019 22h46 | Atualizado em: 11/06/2019 23h28

Divulgação/SSP-TO Suspeitos de integrar organização criminosas foram detidos durante a Operação Gran, da Polícia Civil, deflagrada em março deste ano

REDAÇÃO
REDE TO


O Ministério Público do Tocantins denunciou, nesta quinta-feira, 06, 33 pessoas integrantes de uma das maiores organizações criminosas de traficantes de drogas do estado. De acordo com o MP, o grupo atuava nos municípios de Gurupi, Formoso do Araguaia, Fátima e Figueirópolis, todos no sul do Tocantins.

Os denunciados, que não tiveram os nomes divulgados, estão presos desde a operação Gran, deflagrada pela Delegacia Especializada em Investigações Criminais (Deic), Núcleo Sul, em 27 de março deste ano, nas respectivas cidades e também no Centro de Reeducação Social Luz do Amanhã, em Cariri do Tocantins, onde um dos membros da organização continuava traficando, apesar de já se encontrar detido.

As 17 denúncias foram propostas pelo promotor de Justiça Breno de Oliveira Simonassi, da 2ª Promotoria de Justiça de Gurupi. Os processos encontram-se na 2ª Vara Criminal de Gurupi e aguardam recebimento do magistrado.

Segundo o MP, as investigações que fundamentam as denúncias e resultaram na prisão tiveram início em abril de 2018, tendo contado com interceptações telefônicas de alguns dos envolvidos, autorizadas pela Justiça.

Além de tráfico de entorpecentes, os suspeitos vão responder também por associação para o tráfico e lavagem de dinheiro. 


 

Obs.:

A REDE TO coloca este espaço à disposição de todos que queiram opinar ou discutir sobre os assuntos que tratam nossas matérias. Partilhe suas opiniões de forma responsável e educada e respeite a opinião dos demais. Contamos com a educação e bom senso dos nossos internautas para que este espaço continue sendo um ambiente agradável e democrático. Obrigado.

  • Aguarde novas notícias.