publicidade
publicidade
Araguaína-TO, sábado, 14 de dezembro de 2019
Siga a REDE TO

Estado

Energisa alerta para riscos de ligações provisórias em praias no Tocantins

01/07/2019 21h10

Divulgação Ligações improvisadas e irregulares, gambiarras e fios soltos são algumas das situações perigosas que podem trazer riscos para crianças e adultos que circulam pelas praias

Está começando a temporada de praia no Tocantins e os cuidados com a rede de energia elétrica devem ser redobrados. Neste período, famílias em todo o estado e região montam acampamentos às margens dos rios e em alguns municípios são organizadas infraestruturas públicas ou particulares para receber turistas. Diante desse cenário, as ligações de energia devem estar seguras para evitar acidentes e até fatalidades.

Ligações improvisadas e irregulares, gambiarras e fios soltos são algumas das situações perigosas que podem trazer riscos para crianças e adultos que circulam pelas praias. Delmindo Antônio Mendes, coordenador de Saúde e Segurança do Trabalho, orienta que, ao montar acampamento, o responsável verifique se as instalações elétricas estão seguras, se não há emendas mal feitas ou cabos expostos e sobrecarga em tomadas ou fios soltos pelo chão. “Esses cuidados trarão mais tranquilidade para as férias, pois garantem a segurança de quem está no local, principalmente as crianças, por se tratar de um período de férias escolares”, destaca.

Alguns desses perigos podem ser evitados com a Ligação Provisória, serviço feito pela Energisa para evitar riscos para a população quando o uso da energia elétrica tiver tempo determinado, podendo durar até 90 dias. “Isso vale para todos os clientes que precisarem de energia por um tempo determinado em um local onde não há ligação, seja acampamento familiar, praias públicas ou em áreas privadas. Não vale a pena colocarmos nossas famílias em risco. Além de cuidar para que as instalações sejam realizadas de acordo com a normas de segurança, é preciso ficar atento com as instalações, evitar cabos soltos, uso de extensões e emendas precárias”, afirma Delmindo.

O coordenador orienta ainda que caso se depare com fios soltos ligados à rede de energia, o cliente deve manter distância e fazer contato imediato com a empresa. “Outra dica importante é com relação à bomba d’água. Em muitos acampamentos as pessoas usam bombas para puxar água do rio, o que é um risco, pois a água é condutora e qualquer vazamento de energia pode causar um acidente fatal, como já vimos acontecer no Tocantins algumas vezes”.

Atendimento

Os interessados em montar estruturas para a temporada de praias devem fazer o pedido de Ligação Provisória com antecedência. “Em alguns casos é preciso adequar a rede elétrica ou fazer alguma obra, enfim, o projeto depende das características do local onde a energia vai ser usada”, explica Roger Pereira, coordenador de Relacionamento com o Cliente.

Para solicitar a Ligação Provisória o cliente deve procurar uma agência de atendimento da Energisa, apresentar os documentos pessoais (RG e CPF ou Razão Social e CNPJ), informar quais equipamentos serão utilizados no local e a potência deles (declaração de carga), endereço completo do local, categoria de atendimento, período de ligação e a Anotação de Responsabilidade Técnica (ART), que deve ser assinada por um profissional credenciado pelo Conselho Regional de Engenharia e Arquitetura (CREA). Para a ligação em local público, o cliente precisa de autorização da prefeitura, que vai solicitar via ofício a ligação em uma agência de atendimento mais próxima ou pelo e-mail [email protected]

 

Com Ascom/Energisa-TO

Obs.:

A REDE TO coloca este espaço à disposição de todos que queiram opinar ou discutir sobre os assuntos que tratam nossas matérias. Partilhe suas opiniões de forma responsável e educada e respeite a opinião dos demais. Contamos com a educação e bom senso dos nossos internautas para que este espaço continue sendo um ambiente agradável e democrático. Obrigado.

  • Aguarde novas notícias.