publicidade
publicidade
Araguaína-TO, sábado, 14 de dezembro de 2019
Siga a REDE TO

Estado

Clientes têm até 15 de outubro para negociar dívidas com Energisa

16/09/2019 19h23 | Atualizado em: 16/09/2019 19h47

Divulgação Concessionária de energia elétrica do Tocantins prorrogou campanha para negociação de dívidas

A Energisa prorrogou a sua campanha nacional de negociação de dívidas de clientes de baixa tensão (energia pronta para o uso final, geralmente destinada a pequenos consumidores). Com isso, clientes residenciais, comerciais, rurais e industriais das distribuidoras do Grupo poderão obter condições especiais na quitação de débitos, como isenção e descontos de juros, multa e correção, além do parcelamento das dívidas. O momento é oportuno para os contribuintes que realizarão o saque do recurso do FGTS entre setembro deste ano e março de 2020, anunciado em julho pelo governo federal.

Para negociar o pagamento dos débitos, o titular da conta tem até 15 de outubro para comparecer à agência de atendimento mais próxima, com documentos pessoais em mãos (carteira de identidade e CPF). Os canais de atendimento da Energisa também estão a postos para esclarecer as dúvidas dos clientes: site, aplicativo Energisa ON e o telefone 0800 (variável para cada região).

A categoria de clientes de baixa tensão inclui aqueles com voltagens de 127, 220, 380 e 440 volts. A campanha atinge os consumidores atendidos pela empresa em 11 estados: Minas Gerais, Paraíba, Rio de Janeiro, Sergipe, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Tocantins, São Paulo, Paraná, Rondônia e Acre.

“Este período de liberação do FGTS combinado a uma série de descontos e possibilidades de parcelamentos oferecidos pela empresa, formam uma oportunidade ímpar para negociação e quitação das dívidas de energia elétrica, com o objetivo de facilitar a vida de nossos clientes”, afirma Mauro Inácio, gerente de Serviços Comerciais.

 

Da Ascom/Energisa-TO

Leia sobre: DívidasEnergisaNegociaçãoTocantins
Obs.:

A REDE TO coloca este espaço à disposição de todos que queiram opinar ou discutir sobre os assuntos que tratam nossas matérias. Partilhe suas opiniões de forma responsável e educada e respeite a opinião dos demais. Contamos com a educação e bom senso dos nossos internautas para que este espaço continue sendo um ambiente agradável e democrático. Obrigado.

  • Aguarde novas notícias.