publicidade
publicidade
Araguaína-TO, segunda, 24 de fevereiro de 2020
Siga a REDE TO

Estado

Pneus descartados são usados para recuperar estradas no Jalapão

21/11/2019 14h48 | Atualizado em: 25/11/2019 22h12

Divulgação O processo de recuperação inclui a aplicação de grelha com pneus usados descartados e revestimento primário

REDAÇÃO
REDE TO


Pneus descartados estão sendo usados para solucionar os problemas dos atoleiros arenosos em estradas não pavimentadas no Jalapão, um dos destinos turísticos mais conhecidos do Tocantins. 

De acordo com a Agência Tocantinense de Obras e Transportes, por ser um material de alta resistência química e física, o pneu é uma solução barata e sustentável para o problema dos bolsões de areia existentes em diversos pontos nas rodovias estaduais da região do Jalapão.

A solução visa melhorar a trafegabilidade nas rodovias que dão acesso aos municípios de Novo Acordo, São Félix do Tocantins, Mateiros e Ponte Alta do Tocantins, com o uso de uma malha de pneus intertravados com cordas de seda em cerca de 100 pontos críticos, já levantados pela Ageto.

O processo de recuperação inclui a aplicação de grelha com pneus usados descartados e revestimento primário. A equipe de trabalho é composta por engenheiro de campo, quatro ajudantes, um operador de retroescavadeira e motorista de pipa.

Estradas atendidas

Na primeira etapa de execução do projeto, estão sendo recuperados quatro bolsões de areia considerados os mais críticos, sendo três na TO-255 (entre Ponte Alta e Mateiros), com um ponto depois da ponte do Rio Vermelho e dois depois da entrada da Cachoeira da Velha; e um na TO-030 (entre Novo Acordo e São Félix do Tocantins) próximo à Serra da Catedral.

Segundo a secretária de Estado da Infraestrutura, Cidades e Habitação (Seinf), Juliana Passarin, esse é um trabalho pioneiro no Estado. “Além de sustentável, o projeto reduz os custos com materiais que seriam usados, já que os pneus usados para a recuperação das rodovias foram doados”, destacou. Cerca de 2.500 pneus descartados serão usados na recuperação desses pontos.

“A ideia foi pensada para solucionar os problemas que esses bolsões de areia geram para os usuários das rodovias do Jalapão”, reforçou o diretor de Operação e Conservação da Ageto, Gerival Aires Negre. Ele explica que o pneu descartado pode ter múltiplas aplicações e que sua reutilização ameniza os impactos gerados pelo seu descarte em aterros, incineradoras e na natureza.


 

Obs.:

A REDE TO coloca este espaço à disposição de todos que queiram opinar ou discutir sobre os assuntos que tratam nossas matérias. Partilhe suas opiniões de forma responsável e educada e respeite a opinião dos demais. Contamos com a educação e bom senso dos nossos internautas para que este espaço continue sendo um ambiente agradável e democrático. Obrigado.

  • Aguarde novas notícias.