publicidade
Araguaína-TO, sexta, 10 de julho de 2020
Siga a REDE TO

Estado

Sobe para 67 o nº de casos suspeitos de coronavírus no Tocantins

20/03/2020 19h51 | Atualizado em: 21/03/2020 20h34

Arquivo/Agência Brasil Conforme boletim, só Palmas tem 48 casos suspeitos, Gurupi, sete, Araguaína e Pedro Afonso, dois
REDAÇÃO
REDE TO


Subiu para 67 o número de casos suspeitos de coronavírus no Tocantins. A informação foi divulgada, nesta sexta-feira, 20, pela Secretaria de Estado da Saúde (SES) por meio de boletim divulgado para a imprensa. 

Os casos suspeitos estão concentrados em 11 cidades: Palmas, Araguaína, Gurupi, Porto Nacional, Paraíso, Miracema, Xambioá, Pedro Afonso, Augustinópolis, Cariri e Bandeirantes.


São 48 casos suspeitos em Palmas, sete em Gurupi, dois em Araguaína, dois em Pedro Afonso e o restante, um caso cada, em Bandeirantes, Miracema, Porto Nacional, Cariri, Paraíso, Xambioá, Augustinópolis. Tem também o caso de uma paciente que está no Tocantins, mas é de outro estado. 

Conforme o boletim, 16 casos suspeitos foram descartados e apenas um confirmado até o momento, na capital. 

O aumento do número de casos suspeitos se deve ao fato de a secretaria ter incluído, neste boletim, os dados de acompanhamento do Centro de Informações Estratégicas de Vigilância em Saúde (Cievs) e do Centro de Operações de Emergência do Tocantins (COE/TO) para a COVID-19.

No comunicado, a SES ressaltou que os resultados laboratoriais das primeiras amostras enviadas ao laboratório de referência nacional Instituto Adolfo Lutz - IAL, ainda não foram liberados ao Laboratório Central de Saúde Pública do Tocantins (Lacen). A previsão inicial era que isso ocorresse na terça-feira, 17. 





Obs.:

A REDE TO coloca este espaço à disposição de todos que queiram opinar ou discutir sobre os assuntos que tratam nossas matérias. Partilhe suas opiniões de forma responsável e educada e respeite a opinião dos demais. Contamos com a educação e bom senso dos nossos internautas para que este espaço continue sendo um ambiente agradável e democrático. Obrigado.

  • Aguarde novas notícias.