publicidade
Araguaína-TO, quarta, 12 de agosto de 2020
Siga a REDE TO

Estado

Mulher de Palmas é a primeira tocantinense a morrer de covid-19

15/04/2020 12h16 | Atualizado em: 27/04/2020 22h51

Facebook Francisma Romana Chaves, de 47 anos, morreu após ficar vários dias internadas na UTI de um hospital particular de Palmas
REDAÇÃO 
REDE TO


O Tocantins registrou, na noite desta terça-feira, 14, a primeira morte por covid-19. Servidora da Secretaria Municipal de Saúde de Palmas, a assistente social Francisca Romana Chaves, de 47 anos, faleceu, na noite desta terça-feira, 14. 

Romana era hipertensa e estava internada há vários dias em estado grave na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) de um hospital particular da capital. 

Concursada desde 2015, Francisca Romana se formou em Serviço Social no Ceulp/Ulbra, na capital. Ela era assistente social credenciada do Tribunal de Justiça há três anos. 

O Tocantins era o único do estado do país sem registro de mortes por covid-19. Agora, todas as unidades da Federação têm ao menos um óbito causado pelo novo coronavírus.

Casos confirmados

Com dois pacientes diagnosticados nesta terça, o Tocantins aparece com 28 casos já confirmados de covid-19. 

São 17 em Palmas, seis em Araguaína, um em Gurupi, um em Dianópolis, um em Paraíso, um em Cariri e um em Tocantinópolis. 

São 15 mulheres e 13 homens. Somente quatro são idosos. Há tanto em Palmas quanto em Araguaína pacientes que já foram curados. 


 
Obs.:

A REDE TO coloca este espaço à disposição de todos que queiram opinar ou discutir sobre os assuntos que tratam nossas matérias. Partilhe suas opiniões de forma responsável e educada e respeite a opinião dos demais. Contamos com a educação e bom senso dos nossos internautas para que este espaço continue sendo um ambiente agradável e democrático. Obrigado.

  • Aguarde novas notícias.