publicidade
publicidade
Araguaína-TO, terça, 29 de setembro de 2020
Siga a REDE TO

Estado

TO registra sexta morte e já tem 25 pessoas internadas por covid-19

04/05/2020 12h20 | Atualizado em: 05/05/2020 20h21

Divulgação Já são 25 pessoas internadas com covid-19 no Tocantins. Destas, 13 estão em UTIs, sendo nove em hospitais públicos e quatro na rede privada
REDAÇÃO
REDE TO


Foi confirmada, nesta segunda-feira, 04, a sexta morte por covid-19 no Tocantins. A vítima é Antonio Bento dos Santos, de 68 anos, morador de Augustinópolis, que faleceu na última sexta, 1°, no regional da cidade do Bico do Papagaio. A confirmação da doença se deu, neste domingo, 03, após exame no Laboratório Central do Tocantins (Lacen-TO), em Palmas.

No sábado, 02, o Lacen tinha confirmado outro óbito por covid-19 no Bico. O da comerciante Maria Aparecida da Silva, de 62 anos, moradora de Aguiarnópolis, que faleceu no dia 30 de abril, em Araguaína. 

Número de casos 

Neste domingo, 03, foram confirmados 23 novos casos da doença no estado. Foram mais oito em Araguaína, cinco em Palmas, três em Guaraí, três em Miranorte, um em Araguatins, um em Miracema, um em Paraíso e um em Augustinópolis. Estado contabiliza, agora, 267 pessoas infectadas pelo novo coronavírus.

Cidades

Conforme o boletim epidemiológico da SES, já foram diagnosticados pacientes com a doença em 24 cidades: Araguaína (104), Palmas (87), Gurupi (11), Guaraí (10), São Miguel (9), Cariri do Tocantins (6), Couto Magalhães (5), Paraíso (5), Tabocão (4), Wanderlândia (4), Miranorte (3), Colinas (2), Augustinópolis (2), Sítio Novo (2), Porto Nacional (2), Dianópolis (1), Tocantinópolis (1), Porto Nacional (1), Nova Olinda (1), Angico (1), Axixá (1), Ananás (1), Aguiarnópolis (1) e Miracema (1). 

Recorde de internações


Já são 25 pessoas internadas com covid-19 no Tocantins. Destas, 13 estão em UTIs, sendo nove em hospitais públicos e quatro na rede privada. As 12 restantes estão em leitos clínicos, sendo sete no SUS e cinco em hospitais privados. 

Tanto o número de pessoas hospitalizadas quanto o de pacientes internados em UTIs é recorde desde p começo dos casos da doença no estado.



Obs.:

A REDE TO coloca este espaço à disposição de todos que queiram opinar ou discutir sobre os assuntos que tratam nossas matérias. Partilhe suas opiniões de forma responsável e educada e respeite a opinião dos demais. Contamos com a educação e bom senso dos nossos internautas para que este espaço continue sendo um ambiente agradável e democrático. Obrigado.