publicidade
publicidade
Araguaína-TO, quarta, 30 de setembro de 2020
Siga a REDE TO

Municípios

Preço do arroz dispara e pacote chega a custar R$ 30 em Palmas

11/09/2020 20h31 | Atualizado em: 22/09/2020 20h33

Divulgação Procon Municipal de Palmas realizou entre os dias 9 a 11 de setembro uma pesquisa de preços dos produtos que compõem a cesta básica

O Procon Municipal de Palmas realizou entre os dias 9 a 11 de setembro uma pesquisa de preços dos produtos que compõem a cesta básica. As equipes de fiscalização do órgão visitaram nove estabelecimentos comerciais nas diversas regiões da capital.

Na pesquisa foram coletados os preços de 17 itens. O objetivo é apresentar aos consumidores os valores aplicados no mercado, permitindo o exercício da escolha consciente. Alguns produtos apresentaram variação significativa de um estabelecimento para outro, foi o caso do molho de tomate de 340 g. O produto apresentou uma diferença de 152% entre o menor e o maior preço pesquisado. Outro produto que apresentou uma grande diferença de preço entre um estabelecimento e outro foi o flocão de milho de 500 g. O produto foi encontrado pelo menor preço a R$ 0,98 e o maior R$ 1,79 o que representa uma variação de 83% de um estabelecimento para outro.

Já os produtos que fazem parte da alimentação do brasileiro diariamente, apresentaram variações que chegam a 56%. É o caso do feijão carioca de 1 kg. O produto foi encontrado pelo menor preço de R$ 6,10 e o maior de R$ 9,49; o arroz de 5 kg apresentou uma variação de 25% sendo vendido pelo menor preço de R$ 23,99 e o maior de R$ 29,99. O sal de 1 kg teve diferença de 69%, o produto foi encontrado pelo menor preço de R$ 2,95 e o maior de R$ 4,99. O óleo de soja de 900 ml foi encontrado pelo menor preço de R$ 5,89 e o maior de R$ 7,99, o que representa uma variação de 36%. Quanto ao macarrão espaguete 500 g, o menor preço do produto foi encontrado de R$ 2,99 e o maior de R$ 4,99 representando uma variação de 67%.

Entre todos os itens pesquisados o que apresentou menor variação de preço de um estabelecimento para o outro foi café moído de 250 g. O menor preço do produto encontrado foi R$ 4,89 e o maior R$ 5,19, uma variação de 6%.

De com a superintendente do Procon Municipal de Palmas, Valéria Morais, os consumidores devem ficar atentos a pesquisa de preço antes de adquirir qualquer produto, pois os valores estão sujeitos à alteração conforme a data da compra, em função de possíveis descontos, ofertas ou promoções, promovidos pelos estabelecimentos. “A orientação é que o consumidor evite comprar em grande quantidade para estocar em casa, pois tal atitude contribui para que os preços das mercadorias sejam elevados”, informou.

A lista completa dos produtos você pode conferir aqui.

 

Com Secom/Prefeitura

Leia sobre: ArrozConsumidorPalmasPreçosProconTocantins
Obs.:

A REDE TO coloca este espaço à disposição de todos que queiram opinar ou discutir sobre os assuntos que tratam nossas matérias. Partilhe suas opiniões de forma responsável e educada e respeite a opinião dos demais. Contamos com a educação e bom senso dos nossos internautas para que este espaço continue sendo um ambiente agradável e democrático. Obrigado.