publicidade
publicidade
Araguaína-TO, quinta, 26 de novembro de 2020
Siga a REDE TO

Municípios

Irmão de candidata a prefeita é espancado e morre no TO

03/11/2020 12h13 | Atualizado em: 05/11/2020 08h04

Divulgação
Wagner Fernandes, de 58 anos, irmão da candidata a prefeita de Miracema pelo MDB, Camila Fernandes, faleceu na noite desta segunda-feira, 2, no Hospital Geral de Palmas, conforme informação da família e do jurídico da campanha. Ela é viúva do prefeito da cidade, Moisés da Sercon, assassinado no dia 30 de agosto de 2018. Segundo a filha de Wagner, Lunna Fernandes, disse à Coluna do CT, a família não sabe dizer o que ocorreu com o pai. Ele foi encontrado em sua residência, em Dois Irmãos, na manhã de domingo, 1º, bem machucado e encaminhado ao Hospital Regional de Paraíso e depois ao Hospital Geral de Palmas, em estado grave.

Inconsciente e muito machucado

A Coluna do CT teve acesso ao Boletim de Ocorrência registrado pela irmã de Camila e Wagner, Salésia Maria Fernandes de Araújo Carvalho. No documento da Polícia Civil, ela disse que a vítima foi encontrada na residência em Dois Irmãos “inconsciente e muito machucada”.

Barulhos estranhos

Ainda segundo Salésia, um vizinho informou que ouviu “barulhos estranhos na madrugada” e que foi à casa de outra irmã da vítima, Flávia Silva Fernandes de Araújo, pedir para ela verificar se estava tudo bem com Wagner, que teria “vários hematomas, uma orelha cortada, corte na face, olhos inchados e suposta fratura no crânio”.

Muito embriagado

Também de acordo com o BO, um dentista viu Wagner num bar na madrugada de domingo “muito embriagado”. Como o estabelecimento estava fechando, esse homem ajudou a vítima, levando-o para a casa. O dentista contou, segundo a irmã de Wagner, que o deixou “em casa, sentado numa cadeira e com porta da frente só encostada”.

Barulhos de batidas e xingamentos

O vizinho que procurou Flávia, a outra irmã da vítima, confirmou ter ouvido “quando alguém deixou Wagner em casa, de carro, e depois disso ouviu os barulhos estranhos (barulhos de batidas e xingamentos), vindos da casa de Wagner”.

Tentativa de invasão

Conforme Salésia, na madrugada de sexta-feira, 30, “foi feita uma tentativa de entrar na casa” do pai dela, nos fundos da casa de Wagner. “As fechaduras das duas portas foram arrombadas e só não entraram devido existir ferrolhos nas portas; que sua irmã Flávia estava na casa e começou a gritar, mesmo assim os autores só foram embora depois de não conseguir invadir a casa”, afirma o BO.

     Do Portal Cleber Toledo

Obs.:

A REDE TO coloca este espaço à disposição de todos que queiram opinar ou discutir sobre os assuntos que tratam nossas matérias. Partilhe suas opiniões de forma responsável e educada e respeite a opinião dos demais. Contamos com a educação e bom senso dos nossos internautas para que este espaço continue sendo um ambiente agradável e democrático. Obrigado.