publicidade
publicidade
Araguaína-TO, quinta, 14 de novembro de 2019
Siga a REDE TO

Curiosidades

Homem quer trocar proibição de beber por pena de prisão

19/06/2013 21h12 | Atualizado em: 19/06/2013 21h19

Reprodução/Facebook Milo prefere ficar preso do que parar de beber

REDAÇÃO


O australiano Milo Manu Felix Wild, de 22 anos, foi detido por se comportar de maneira indecente, destruir quatro banheiros químicos e urinar em policiais, durante uma noite de bebedeira em um clube de Darwin (Austrália). 

De acordo com o site "NT News", o jovem foi condenado a três meses de prisão, mas a pena foi substituída por outra alternativa: proibição de consumo de bebida alcoólica por dois anos.

Contudo, contrariando todas as previsões, Milo decidiu voltar ao tribunal para pedir que a condenação inicial seja aplicada.

Deprimido, o jovem afirmou que prefere passar três meses na prisão a ficar dois anos sem poder beber o socializar com os amigos.

O juiz que cuida do caso, Magistrate John O'Neill,
 mostrou-se surpreso com o fato de a vida de Milo "não valer a pena sem o álcool". 

Obs.:

A REDE TO coloca este espaço à disposição de todos que queiram opinar ou discutir sobre os assuntos que tratam nossas matérias. Partilhe suas opiniões de forma responsável e educada e respeite a opinião dos demais. Contamos com a educação e bom senso dos nossos internautas para que este espaço continue sendo um ambiente agradável e democrático. Obrigado.