publicidade
publicidade
Araguaína-TO, segunda, 23 de maio de 2022
Siga a REDE TO

Municípios

Servidor flagrado em festa pode perder o emprego em Araguaína

27/05/2021 11h51 | Atualizado em: 27/05/2021 16h04

Marcos Sandes Novo decreto determina que servidores municipais flagrados em festas poderão ser exonerados após responder a procedimento administrativo disciplinar

Após endurecer novamente as medidas restritivas para controlar o avanço da covid-19 em Araguaína, na última segunda-feira, 24, a prefeitura publicou, nesta quinta, 27, o Decreto nº 038/21, que determina que servidores municipais flagrados em festas poderão ser exonerados após responder a procedimento administrativo disciplinar.

O texto diz que a prefeitura irá apurar esse tipo de ocorrência que envolva servidores públicos municipais da administração pública direta e indireta, sejam eles efetivos, contratados ou comissionados. Os autos levarão em conta o relatório da equipe de fiscalização integrada em aglomerações e festas privadas ou mesmo denúncias por vídeos e fotos.

De acordo com o procurador-geral do Município, Gustavo Fidalgo, os fatos serão apurados por uma comissão que vai avaliar a conduta do servidor, se foi condizente com a postura comportamental exigida. “Apesar do servidor fazer parte da sociedade, ele faz parte do Poder Público que deve dar exemplo, principalmente neste momento de pandemia. A avaliação determinará se o servidor será advertido, suspenso ou exonerado”.

Além do novo decreto, o Decreto nº 036, publicado na última segunda-feira, 24, aponta que qualquer pessoa que for flagrada descumprindo as medidas receberá multa que varia de R$ 100 a R$ 1.000 e responderá por crime contra a ordem e a saúde.

Mais medidas

Dentre as mudanças apresentadas no dia 24, estão a proibição da circulação de pessoas nas ruas da meia noite às 5 horas e o cidadão que for flagrado deverá justificar e comprovar o motivo. Ficou proibida também a realização de bailes, festas, shows, formaturas, confraternizações, aniversários e casamentos, além da aglomeração acima de oito pessoas em propriedades privadas, urbanas e rurais.

As colações de grau em gabinete, reuniões e pequenos eventos, como cursos técnicos, palestras e eventos sociais, continuam podendo ser realizados desde que obedecidas todas as normas de contenção da covid-19. Esses eventos ainda só poderão ser realizados com autorização dos órgãos fiscalizadores, que devem ser comunicados com antecedência de cinco dias para avaliação.

No comércio e em casa

Em relação aos bares e restaurantes, a capacidade máxima permitida em cada mesa é de 6 pessoas com distanciamento de 1,5 m entre as mesas, com a proibição de pessoas em pé sem o uso de máscara de proteção, mesmo que seja apenas de forma temporária. O consumo de bebida alcoólica está autorizado somente dentro dos estabelecimentos e residências e continua proibido em qualquer local público.

As equipes da Fiscalização Integrada Municipal, coordenada pelo Demupe (Departamento de Posturas e Edificações), têm realizado rondas diariamente para manter o cumprimento das medidas de segurança contra a covid-19 em Araguaína. As festas clandestinas e as aglomerações em bares e restaurantes são os maiores motivos de autuações, que já somam quase 200 interdições desde o início da pandemia.

Como denunciar

Caso algum descumprimento seja identificado, a população pode fazer a denúncia pelo número 190 da Polícia Militar ou pelos telefones da fiscalização municipal: (63) 3411.5640 / (63) 99949.5394 / (63) 99972.6133.


Com Ascom/Prefeitura

Obs.:

A REDE TO coloca este espaço à disposição de todos que queiram opinar ou discutir sobre os assuntos que tratam nossas matérias. Partilhe suas opiniões de forma responsável e educada e respeite a opinião dos demais. Contamos com a educação e bom senso dos nossos internautas para que este espaço continue sendo um ambiente agradável e democrático. Obrigado.