publicidade
publicidade
Araguaína-TO, segunda, 27 de setembro de 2021
Siga a REDE TO

Municípios

Aulas nas escolas municipais de Palmas retornam em agosto

16/07/2021 17h46 | Atualizado em: 21/07/2021 17h47

Divulgalção As salas já estão com as carteiras em distanciamento exigido pelos órgãos de saúde

O retorno dos alunos às escolas da Rede Municipal de Ensino depende agora somente do cenário epidemiológico. O calendário letivo está previsto para iniciar em 03 de agosto, com as 78 unidades educacionais preparadas, após a implementação do Plano de Retomada das Aulas 2021, seguindo as determinações da Organização Mundial de Saúde (OMS). O plano contempla as crianças do pré-escolar II e os estudantes do ensino fundamental.

As escolas terão aulas em formato híbrido, online e presencial, com turmas subdivididas em grupos que se alternam na frequência à sala de aula. O formato se mostra como uma ferramenta eficiente para o isolamento de contatos em caso de surto e na redução da ocupação dos espaços.

O Plano de Retomada das Aulas 2021 prevê a divisão dos estudantes em dois grupos, sendo que o Grupo 1 será composto pelos primeiros nomes da lista de chamada, organizada em ordem alfabética, com aulas presenciais durante uma semana, enquanto o restante dos alunos farão aulas online. Na semana seguinte, o Grupo 2, composto pelos demais alunos, terão as aulas presenciais e o Grupo 1, aulas online.

Medidas sanitárias

As unidades educacionais de Palmas terão horários diferenciados para entrada e saída dos estudantes e, também, para o lanche. Serão disponibilizados dispensadores com sabonete líquido nos banheiros e com álcool em gel nos pontos de maior circulação de pessoas. Nas entradas das escolas serão instalados pia e totem de acionamento por pedal para higienização das mãos com água e sabão e/ou álcool em gel, assim como tapetes sanitizantes nas portas que dão acesso à parte interna das unidades educacionais.

Alunos e profissionais de educação terão a temperatura corporal aferida, por termômetro com infravermelho, na entrada do ambiente escolar e a cada duas horas. O uso de máscaras será obrigatório e os profissionais da educação (professores, servidores da limpeza e administrativo, entre outros) receberão equipamentos de proteção individual (EPIs). Todas as unidades educacionais passarão diariamente por um protocolo rigoroso de desinfecção e higienização.

Formato híbrido

A superintendente Anice Moura salienta que se Palmas permanecer com o Coronômetro sinalizando a cor verde será mantido o formato híbrido, atendendo 50% da capacidade da turma a partir do pré-escolar II. Desse modo, as crianças de cinco anos até o 9° ano retornarão uma semana presencial, na outra semana de forma remota com atividades impressas e na ferramenta Palmas Home School. Na semana seguinte faz-se a inversão do grupo.

“Acreditamos que será possível retornar dessa maneira, uma vez que todos os profissionais da educação já se encontram vacinados pelo menos com a primeira dose e com a segunda dose prevista para os meses de agosto e setembro”, afirma a superintendente. Segundo ela, a depender do cenário epidemiológico, após o início das aulas, esse quantitativo de 50% será ampliado para 75% e 100% da capacidade da turma diariamente.

 

Obs.:

A REDE TO coloca este espaço à disposição de todos que queiram opinar ou discutir sobre os assuntos que tratam nossas matérias. Partilhe suas opiniões de forma responsável e educada e respeite a opinião dos demais. Contamos com a educação e bom senso dos nossos internautas para que este espaço continue sendo um ambiente agradável e democrático. Obrigado.