publicidade
publicidade
Araguaína-TO, sexta, 22 de outubro de 2021
Siga a REDE TO

Rede 190

Homem escapa da morte ao entrar em delegacia no TO

01/10/2021 20h14 | Atualizado em: 01/10/2021 20h30

Divulgação/SSP-TO Perseguido por jovem armado com faca, homem buscou ajuda na Delegacia de Tocantínia e acabou escapando da morte; suspeito do crime foi preso
REDAÇÃO
REDE TO


Um jovem, de 22 anos, foi preso, na tarde desta quinta-feira, 30, em Tocantinía, na região central do Tocantins, suspeito de tentar matar duas pessoas na cidade. 

De acordo com o delegado Hismael Athos, os crimes ocorreram em um curto intervalo de tempo, na região central de Tocantínia, quando o homem se envolveu em uma discussão com a primeira vítima e a esfaqueou na barriga e também nas mãos. Em seguida, o suspeito discutiu com outro homem e também desferiu golpes de faca, que acertaram o tórax e as mãos, causando ferimentos graves.

Desesperado e sangrando muito, o homem entrou correndo na delegacia procurando socorro. “Ocorre que o autor perseguiu a vítima, na tentativa de esfaqueá-la novamente, mas ao entrar na sede da delegacia e visualizar os policiais, evadiu do local”, disse o delegado. Após providenciar uma ambulância para o socorro, os policiais civis saíram em perseguição ao suspeito e o encontraram a poucos metros do local.

O suspeito foi preso, em flagrante, por tentativa de homicídio e foi conduzido até a Central de Atendimento da Polícia Civil, em Miracema, onde foi autuado e, posteriormente, recolhido à Unidade Penal local. A vítima foi hospitalizada e poderá ter que se submeter a procedimento cirúrgico.  

Pedido de prisão

O promotor de Justiça João Edson de Souza pediu a prisão preventiva do suspeito. Segundo o representante do MP, ele é usuário de drogas e de álcool, e já se envolveu em confusões na cidade, resultando, inclusive, em lesões corporais a uma vítima. “Analisando os autos, observa-se que estão evidentes os requisitos necessários para a decretação da prisão preventiva do homem”, afirma. 

O promotor explica que o suspeito é conhecido na cidade por seu envolvimento em atos ilícitos, como confirmado por policiais, e que a prisão preventiva tem a finalidade de garantir a ordem pública, evitando a prática de novos delitos, e resguardar a integridade física da comunidade de Tocantínia.



Obs.:

A REDE TO coloca este espaço à disposição de todos que queiram opinar ou discutir sobre os assuntos que tratam nossas matérias. Partilhe suas opiniões de forma responsável e educada e respeite a opinião dos demais. Contamos com a educação e bom senso dos nossos internautas para que este espaço continue sendo um ambiente agradável e democrático. Obrigado.