publicidade
publicidade
Araguaína-TO, Friday, 01 de July de 2022
Siga a REDE TO

Esportes

Justiça italiana condena Robinho a 9 anos de prisão por estupro

19/01/2022 15h59 | Atualizado em: 19/01/2022 16h22

Reuters/Tony Gentile/Direitos Reservados
Ex-jogador da seleção brasileira, o atacante Robinho foi condenado a nove anos de prisão pela Corte de Cassação de Roma por crime de violência sexual em grupo contra uma mulher em 2013. O julgamento foi pela terceira e última instancia da justiça italiana e não cabe recurso.


No momento, Robinho está no Brasil. A Justiça da Itália pode solicitar a extradição do jogador. Mas, a Constituição de 1988 veta a extradição de brasileiros natos.


Assim, existe a possibilidade de Robinho ser preso e cumprir a pena em solo brasileiro. Com a condenação, atacante está encerrando a sua carreira como jogador de futebol profissional.


Robinho e Ricardo Falco, que participou do crime, chegaram a ser condenados a nove anos de prisão em 2017, na Corte de Apelação de Milão, mas os advogados entraram com recurso alegando inocência.


O jogador voltou a ser julgado em 2020, pela novamente pela Corte de Apelação de Milão, e a sentença foi confirmada. Agora, pela terceira e última instância, a Corte de Cassação de Roma julgará o caso de crime sexual de Robinho. Agora, após o julgamento desta quarta-feira (19), a pena foi definitiva.


Entenda o caso do jogador Robinho


Robinho e o amigo Ricardo Falco teriam estuprado uma mulher albanesa no dia 22 de janeiro de 2013. Na época, Robinho tinha 23 anos e atuava no Milan, da Itália.


Além de Robinho e o amigo, outros quatro brasileiros teriam participado da ação. Pela razão de terem deixado a Itália durante as investigações, eles estão sendo processados à parte, mas este caso está parado.


Em abril de 2014, durante interrogatório, Robinho negou a acusação. Em seu pronunciamento, o atacante admitiu que teve relação íntimas com a vítima de forma oral, mas garantiu que foi consensual e sem outras pessoas envolvidas.


Por Dayvidson Soares/Torcedores.com



Obs.:

A REDE TO coloca este espaço à disposição de todos que queiram opinar ou discutir sobre os assuntos que tratam nossas matérias. Partilhe suas opiniões de forma responsável e educada e respeite a opinião dos demais. Contamos com a educação e bom senso dos nossos internautas para que este espaço continue sendo um ambiente agradável e democrático. Obrigado.