publicidade
publicidade
Araguaína-TO, Friday, 01 de July de 2022
Siga a REDE TO

Municípios

Saúde trabalha na prevenção da malária em Palmas

25/04/2022 10h06 | Atualizado em: 25/04/2022 10h06

Divulgação/Prefeitura de Palmas
Sem registro de casos locais (autóctones) de malária desde 2006, mas atenta ao controle epidemiológico da doença, a Secretaria Municipal da Saúde de Palmas (Semus) mantém na Capital estrutura organizada para o diagnóstico e tratamento da enfermidade, de modo a evitar as formas graves e óbitos. Ainda que sem casos locais, a Semus informa que o monitoramento da malária na Capital é contínuo, pois de 2018 a 2021 foram registrados 29 casos importados da doença, ou seja, de pessoas que foram infectadas em outros estados e países.

Nesta segunda-feira, 25, quando celebra-se o Dia Mundial da Luta Contra a Malária, instituído pela Organização Mundial de Saúde (OMS), a Coordenação Técnica Vetoriais e Zoonoses da Semus chama a atenção para a importância do controle efetivo da doença. 

Outras ações de combate

Também são realizadas em Palmas estratégias que ajudam a alavancar o conhecimento sobre a malária. A rede de saúde da Capital promove ações de educação em saúde em locais públicos com maior fluxo de pessoas e escolas. Também as unidades de saúde como: Unidades de Saúde da Família (USFs), Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) e Hospitais recebem anualmente visitas da Coordenação de Vetoriais e Zoonoses com objetivo de informar o fluxo de atendimento para todo caso suspeito e confirmado de malária de acordo com o preconizado pelo Ministério da Saúde (MS).

Como acontece a transmissão

A malária é transmitida através da picada da fêmea de mosquitos do gênero Anopheles, infectadas pelo protozoário do gênero Plasmodium. Os principais sintomas são: febre alta, calafrios, tremores e sudorese. Para se prevenir, recomenda-se o uso de mosquiteiros; roupas que protejam pernas e braços; telas em portas e janelas e uso de repelentes.  


Com Secom/Prefeitura de Palmas


Leia sobre: MaláriaPalmasPrevenção
Obs.:

A REDE TO coloca este espaço à disposição de todos que queiram opinar ou discutir sobre os assuntos que tratam nossas matérias. Partilhe suas opiniões de forma responsável e educada e respeite a opinião dos demais. Contamos com a educação e bom senso dos nossos internautas para que este espaço continue sendo um ambiente agradável e democrático. Obrigado.