publicidade
publicidade
Araguaína-TO, Wednesday, 29 de June de 2022
Siga a REDE TO

Municípios

Sec. de saúde é autuado por peculato após denúncia de vereadora

Veículo da prefeitura foi flagrado descarregando mudança na casa do secretário Sinvaldo dos Santos Moraes. Denúncia do caso foi feita pela vereadora Débora Ribeiro (PTB), que se envolveu em outra polêmica durante a semana.

07/05/2022 10h41 | Atualizado em: 07/05/2022 10h50

Divulgação/Prefeitura de Gurupi
REDAÇÃO
REDETO

Após a denúncia de uma vereadora, o secretário de saúde de Gurupi, Sinvaldo dos Santos Moraes, foi preso por ter usado um caminhão da prefeitura para descarregar uma mudança na casa dele. O caso aconteceu na tarde desta sexta-feira (06).

A vereadora Débora Ribeiro (PTB) foi quem fez a denúncia. Ele chamou a polícia após flagrar o veículo do município fazendo serviços particulares para o secretário. A ação foi divulgada nas redes sociais.

Segundo reportagem do g1, o motorista do caminhão, que não teve o nome divulgado, prestou depoimento na delegacia e disse que que estava em Palmas fazendo o transporte de mesas, quando foi orientado a passar na casa de Sinvaldo para pegar os móveis. Depois disso ele retornou para Gurupi e iria descarregar os objetos na casa do secretário.

Sinvaldo dos Santos foi autuado por peculato - que é quando um servidor faz uso de bens públicos em benefício próprio - e encaminhado para a Casa de Prisão Provisória (CPP) de Gurupi. Há informações de que o alvará de soltura dele já foi liberado. Até o momento a prefeitura de Gurupi e o secretário não se pronunciaram sobre o caso.

Outra polêmica

Na última quinta-feira (05), a vereadora Débora Ribeiro se envolveu em outra polêmica, após uma betoneira furtada do almoxarifado da prefeitura de Gurupi ser encontrada em uma chácara da família dela.

A descoberta aconteceu quando a Secretaria Municipal de Educação fazia levantamento do patrimônio por conta de uma denúncia e pela necessidade de usar o equipamento na obra de reforma de uma escola.

O caso foi parar na delegacia e a betoneira foi apreendida. Na ocasião a vereadora Débora Ribeiro disse que era um pedreiro que levou o equipamento para a chácara para fazer um serviço. Afirmou também que só ele poderia dizer de quem era a betoneira.

Em abril deste ano a vereadora Débora Ribeiro comunicou que não fazia mais parte da base da prefeira Josi Nunes (UB) e, durante a sessão realizada no dia 18 daquele mês, fez duras críticas à administração do município.

 
Obs.:

A REDE TO coloca este espaço à disposição de todos que queiram opinar ou discutir sobre os assuntos que tratam nossas matérias. Partilhe suas opiniões de forma responsável e educada e respeite a opinião dos demais. Contamos com a educação e bom senso dos nossos internautas para que este espaço continue sendo um ambiente agradável e democrático. Obrigado.