publicidade
Araguaína-TO, segunda, 06 de julho de 2020
Siga a REDE TO

Municípios

Compra de grama faz Ministério Público pedir cópia de processo licitatório

17/07/2013 18h50 | Atualizado em: 17/07/2013 19h12

Divulgação O contrato com a empresa é de R$ 3,75 milhões. Ao todo, foram compradas 500 mil placas, no valor de R$ 7,50 cada, que, segundo a prefeitura, devem ser usadas em projetos de paisagismo de locais públicos da cidade, de acordo com a necessidade

REDAÇÃO


O Ministério Público Estadual (MPE), em Araguaína, solicitou ao prefeito Ronaldo Dimas (PR), que encaminhe cópia do procedimento licitatório que contratou a empresa Corelo Comércio, Construção e Locação Ltda, de Parauapebas (PA), para o fornecimento de grama para o município. 
A iniciativa foi alvo de uma série críticas por parte da população, como mostrou a REDE TO em reportagem sobre o assunto.

O pedido da promotoria dá prazo de dez dias para que o gestor apresente os documentos. Caso não sejam apresentados, adverte o MPE, a omissão será considerado crime com pena de reclusão de um a três anos e multa.

Contrato

O contrato com a empresa é de R$ 3,75 milhões. Ao todo, foram compradas 500 mil placas, no valor de R$ 7,50 cada, que, segundo a prefeitura, devem ser usadas em projetos de paisagismo de locais públicos da cidade, de acordo com a necessidade.

Em nota, a prefeitura explicou que a licitação foi amplamente divulgada e fez um levantamento de três orçamentos com empresas locais para determinar o preço médio da metragem quadrada da grama. Todos os orçamentos apresentados, garante o poder público, trouxeram valores acima do que é atualmente praticado junto à empresa vencedora.

Segundo a nota, "a única empresa a atender todos os requisitos da licitação e apresentar proposta foi a Corelo Comércio, Construção e Locação LTDA – ME, de Paraupebas, Pará, que apresentou o menor valor do metro quadrado de grama, R$ 7,50".

Resposta

A Prefeitura de Araguaína informou que a Secretaria de Infraestrutura do município está realizando o levantamento das informações e documentações solicitadas e que estas deverão ser entregues dentro do prazo dado pelo Ministério Público. 

Obs.:

A REDE TO coloca este espaço à disposição de todos que queiram opinar ou discutir sobre os assuntos que tratam nossas matérias. Partilhe suas opiniões de forma responsável e educada e respeite a opinião dos demais. Contamos com a educação e bom senso dos nossos internautas para que este espaço continue sendo um ambiente agradável e democrático. Obrigado.

  • Aguarde novas notícias.