publicidade
publicidade
Araguaína-TO, quarta, 29 de janeiro de 2020
Siga a REDE TO

Municípios

Para comandante da PM, decreto polêmico reduziu criminalidade

12/08/2013 17h06 | Atualizado em: 12/08/2013 17h40

Marcos Filho/Ascom A principal decisão do encontro foi o fortalecimento da parceria entre Polícia Militar e órgãos fiscalizadores do município para coibir ações irregulares na cidade

O prefeito Ronaldo Dimas reuniu-se com representantes dos órgãos de segurança pública e demais instituições e entidades da cidade para definir novas ações de prevenção da criminalidade. A ação conjunta entre órgãos fiscalizadores e Polícia Militar, assim como novas solicitações ao Governo do Estado quanto ao efetivo policial, Polícia Rodoviária Federal quanto à base de operações na saída norte da cidade e mais oportunidades para tirar os jovens das ruas também fizeram parte das discussões.

“Tomamos a primeira decisão juntos e firmamos o compromisso de avaliar periodicamente o impacto das ações preventivas na sociedade. Para tomar outras medidas, precisamos decidir em conjunto”, reiterou Ronaldo. A reunião também serviu para que os envolvidos fizessem um balanço dos efeitos do decreto municipal que regulamenta o horário de funcionamento de bares e restaurantes na cidade, em vigor desde o início do mês de maio deste ano.

Participaram da reunião representantes da Polícia Militar, Ministério Público, Defensoria Pública, Poder Judiciário, Câmara Municipal, Associação de Bares e Restaurantes, Conselho Tutelas, Conselho Consultivo das Associações de Bairros de Araguaína – CCABA, Associação Comercial e Industrial de Araguaína – Aciara, Ordem dos Advogados do Brasil – OAB e instituições religiosas.


Ações conjuntas

A principal decisão do encontro foi o fortalecimento da parceria entre Polícia Militar e órgãos fiscalizadores do município para coibir ações irregulares na cidade. Ficou determinado que, a cada 15 dias, PM, Departamento de Postura, Vigilância Sanitária, fiscais de tributos e Conselho Tutelar vão se reunir para programar ações de prevenção. “O trabalho conjunto destes órgãos mostrará que a cidade está organizada para cuidar da segurança dos cidadãos. E isso vai acontecer com mais freqüência a partir de agora”, reforçou Ronaldo.

O chefe do Departamento de Posturas, Thiago Spacassassi, também reiterou que várias ações já acontecem em estabelecimentos em todos os bairros da cidade. “Temos medições de som, consulta de alvarás e exigências quanto às demais obrigatoriedades da lei. Estamos atuando tanto com fiscalizações planejadas quanto com o aparecimento de denúncias”, explicou.

Já a Polícia Militar se colocou à inteira disposição do município para ações de prevenção e fiscalização. “Quando a prefeitura precisar, daremos o apoio necessário a esses órgãos. Sabemos que muitas destas ações contribuem significativamente com a redução dos crimes”, enfatizou o comandante do 2º Batalhão da Polícia Militar em Araguaína, Major Silva Neto

Polícia Militar e Governo do Estado

De acordo com o Major, houve uma redução na criminalidade desde o início do decreto. “Chegamos a ficar mais de 20 dias sem registrar um homicídio”, afirmou o major. Mas a PM também informou que está dando andamento a um projeto de patrulhamento noturno por meio da criação da Ronda Tática Motorizada – ROTAM, sob responsabilidade da Companhia Independente de Operações Especiais – CIOE. “Este projeto agora faz parte da pauta de reivindicações junto ao Governo do Estado, além da solicitação quanto ao reforço de efetivo”, completou Ronaldo.

O prefeito incluiu no rol de reivindicações uma reiteração quanto à disponibilidade dos 24 policiais que hoje atuam na vigilância do presídio Barra da Grota para integrar as equipes de patrulhamento na cidade. “Este trabalho no presídio deve ser feito por agentes penitenciários, inclusive federais”, reforçou Ronaldo.

Outra solicitação junto ao Governo do Estado foi novamente a proposta de parceria para a implantação da primeira fase do vídeo monitoramento em Araguaína. “Queremos dar mais agilidade para a instalação das câmeras, redes de fibras óticas e central de operações. A parceria é extremamente importante para isso”, comentou Ronaldo.

Mais parceiros

A Aciara também se colocou à disposição para conseguir, junto aos lojistas, apoio para a implantação do sistema. “Em algumas reuniões sobre o assunto, muitos comerciantes se mostraram interessados em auxiliar o poder público neste sentido”, afirmou a vice-presidente, Denise Cardoso dos Santos Pinheiro.

Em prol dos jovens

Representantes das instituições religiosas, Conselho Tutelar e Defensoria Pública salientaram a necessidade de focar ações de prevenção junto aos jovens já que, segundo a PM, boa parte dos furtos e assaltos na cidade é cometido por menores de idade. “E é preciso trazer os pais para esta responsabilidade também”, lembrou o comandante.

Na pauta de reivindicações, ficou acordado a celeridade quanto à formação de um consórcio intermunicipal para conseguir recursos para o combate às drogas. “O programa contra o crack, do Governo Federal, contempla apenas municípios a partir de 200 mil habitantes. Durante nossa última visita à Brasília, a sugestão do consórcio partiu da própria Secretaria Nacional de Segurança Pública. Vamos colocar isso em prática o quanto antes. Já temos contato com três prefeituras”, avisou Ronaldo.

Outro compromisso foi a inclusão dos jovens no mercado de trabalho por meio do programa Menor Aprendiz e com o apoio da Aciara junto aos comerciantes. A Secretaria Municipal de Trabalho e Ação Social também reforçou que muitos jovens já são e serão ainda mais contemplados com cursos do Pronatec e os ligados ao Ensino de Jovens e Adultos – EJA e que acontecem no período noturno nas escolas municipais.

 

Da Ascom/Prefeitura

Obs.:

A REDE TO coloca este espaço à disposição de todos que queiram opinar ou discutir sobre os assuntos que tratam nossas matérias. Partilhe suas opiniões de forma responsável e educada e respeite a opinião dos demais. Contamos com a educação e bom senso dos nossos internautas para que este espaço continue sendo um ambiente agradável e democrático. Obrigado.

  • Aguarde novas notícias.