publicidade
publicidade
Araguaína-TO, terça, 15 de outubro de 2019
Siga a REDE TO

Municípios

Servidores públicos discutem hoje criação do PreviPorto

08/10/2013 12h01 | Atualizado em: 09/10/2013 10h29

Divulgação/Sisepe-TO Audiência discute proposta de criação do Regime Próprio de Previdência do Servidor Público de Porto Nacional

Conforme convocação publicada no Diário Oficial do Estado do último dia 07, os servidores públicos municipais de Porto Nacional participarão nesta terça-feira, dia 08, de Assembleia Geral Extraordinária Conjunta para tratar da Proposta de criação do Regime Próprio de Previdência do Servidor Público de Porto Nacional, o Previporto.

A Assembleia acontecerá na Câmara Municipal e foi convocada pelos presidentes dos seguintes Sindicatos: Sindicato dos Servidores Públicos no Estado do Tocantins (SISEPE-TO), Sindicato dos Trabalhadores em Saúde do Estado do Tocantins (SINTRAS-TO) e Sindicato dos Trabalhadores em Educação no Estado do Tocantins (SINTET-TO).

O horário é às 18h30, em primeira convocação e às 19 horas em 2ª convocação.

DISCUSSÃO

O projeto de implantação do Previporto está tramitando na Câmara Municipal de Porto Nacional. Antes disso, os sindicatos que representam os servidores públicos do município se reuniram com a administração municipal para discutir e propor melhorias no projeto. A primeira Assembleia Geral Conjunta foi convocada em setembro e, na ocasião, os servidores não aprovaram a proposta de criação porque afirmaram que precisavam conhecer mais a fundo como funciona um regime próprio de previdência.

Com o apoio do SISEPE-TO, na última quinta-feira, 03, uma Comissão de servidores de Porto Nacional esteve em Colinas do Tocantins para conhecer o Instituto de Previdência dos Servidores daquele município. A visita foi uma solicitação dos próprios servidores que puderam conhecer como é a gestão do Instituto. A comissão considerou a visita positiva.

“Discutimos a criação de um Regime de Previdência que seja gerido pelos próprios servidores e que seja modelo. Na Assembleia Geral os servidores poderão decidir se aprovam ou não a criação, pois a decisão final é do servidor. Por isso, é importante que todos participem nesta terça-feira”, enfatizou o presidente do SISEPE-TO, Cleiton Pinheiro.

 

Da Ascom/SISEPE-TO

Obs.:

A REDE TO coloca este espaço à disposição de todos que queiram opinar ou discutir sobre os assuntos que tratam nossas matérias. Partilhe suas opiniões de forma responsável e educada e respeite a opinião dos demais. Contamos com a educação e bom senso dos nossos internautas para que este espaço continue sendo um ambiente agradável e democrático. Obrigado.