publicidade
publicidade
Max:37° Min:19°
Araguaína
Araguaína-TO, terça, 02 de setembro de 2014
Siga a REDE TO

Rede 190

Operação conjunta prende doze traficantes em três cidades

Suspeitos foram detidos em Bom Jesus, Pedro Afonso e Tupirama

20/12/2013 13h10 | Atualizado em: 21/12/2013 16h48

Eliezer Macedo/Portal É Notícia Suspeitos presos durante megaoperação policial em Pedro Afonso, Tupirama e Bom Jesus do Tocantins, nesta sexta-feira, 20

REDAÇÃO


Uma megaoperação policial realizada na madrugada desta sexta-feira, 12, terminou com a prisão de 12 pessoas acusados de envolvimento com o tráfico de drogas nas cidades de Bom Jesus do Tocantins, Tupirama e Pedro Afonso, na região nordeste do estado.

Eliezer Macedo/Portal É Notícia

A operação "Renascimento" conta com a participação de 50 policiais, entre militares e civis e com o apoio do helicóptero da Secretaria de Segurança Pública (SSP). Pelo menos 14 pontos de venda e consumo de drogas - as conhecidas "bocas de fumo", foram fechados - três em Bom Jesus, dez em Pedro Afonso e um em Tupirama.

Até o momento, foram detidos Andreia Aires de Carvalho, Sivaldo Amorim Borges, Leandro Barros de Abreu, Waldivan Barbosa Barros, Fabrício Sousa, Edivan Pulgas de Oliveira, Deusa Brito de Almeida, Rosangela Maria da Silva, Dione Lopes de Sousa, Geison Pereira, Joel Lopes de Castro e Gabriel Vinicius dos Santos Pinto.

A maioria dos suspeitos presos já tem passagem pela polícia por tráfico. As buscas continuam ao longo do dia. Dois traficantes continuam foragidos. A polícia acredita que o grupo atue de forma conjunta nas três cidades, formando uma rede de comercialização de entorpecentes. 

Durante os trabalhos, foram apreendidos drogas, dinheiro, dois carros, três motos, além de produtos eletrônicos. Um dos veículos levados para a delegacia, segundo o "Portal É Notícia" possuía um fundo falso onde era armazenada a droga.

Em Tupirama, uma oficina era usada como ponto de drogas. Dois suspeitos foram presos no local, entre eles Rosangela Maria, considerada uma das chefes do tráfico na região. A "boca de fumo" era vigiado por dois cães. A suspeita aceitava até o cartão do programa "Bolsa Família" do governo federal como garantia pela venda da droga. 

As investigações começaram em abril, após audiência pública onde a comunidade denunciou o avanço do tráfico nas cidades. A operação ganhou o nome de Renascimento porque busca livrar os jovens do vício das drogas. 

Após prestarem depoimento e passarem pelo exame de corpo de delito, Sivaldo, Waldivan, Leandro, Fabrício, Edivan, Dione, Geison, Joel e Gabriel serão levados para a cadeia pública de Guaraí. As mulheres detidas continuarão em Pedro Afonso. 


 

Obs.:

A REDE TO coloca este espaço à disposição de todos que queiram opinar ou discutir sobre os assuntos que tratam nossas matérias. Partilhe suas opiniões de forma responsável e educada e respeite a opinião dos demais. Contamos com a educação e bom senso dos nossos internautas para que este espaço continue sendo um ambiente agradável e democrático. Obrigado.

publicidade
publicidade