publicidade
publicidade
Araguaína-TO, domingo, 26 de janeiro de 2020
Siga a REDE TO

Educação

83% dos aprovados na UFT são da rede estadual de ensino

A maioria das aprovações foi nos cursos de direito e enfermagem

06/01/2014 10h48 | Atualizado em: 06/01/2014 18h34

Divulgação Entre 2012 e 2013, conquistaram a vaga na UFT 2.691 alunos da rede estadual

O ingresso no ensino superior gratuito tem se tornado uma realidade cada vez mais próxima para os estudantes das escolas públicas do Tocantins, fruto da educação de qualidade ofertada no ensino médio pelo Governo do Estado. Só neste ano, 1.058 alunos das unidades de ensino estaduais foram aprovados no vestibular da Universidade Federal do Tocantins (UFT), o que representa 83% do total das aprovações. Entre 2012 e 2013, conquistaram a vaga na UFT 2.691 estudantes da rede estadual.

“Isso é uma mostra de que as crianças e jovens das nossas escolas estão aprendendo mais, tendo melhor desempenho nas avaliações internas, externas e por consequência tendo condições de passar nos vestibulares pelo Brasil afora inclusive em cursos concorridos, como medicina e direito. Tudo isso, é resultado da política educacional da atual gestão que vem investindo não só no pedagógico, mas também na infraestrutura das unidades de ensino, na formação dos professores e nas tecnologias em sala de aula”, enfatiza o secretário de Estado da Educação e Cultura, professor Danilo Melo.

Além dos aprovados na UFT, outros 736 alunos das unidades escolares estaduais passaram em vestibulares de outras universidades públicas e particulares do país, em 2013. A maioria das aprovações foi nos cursos de direito, 229, e enfermagem, 66.

Dowglas Pereira de Oliveira, de 17 anos, aluno do Centro de Ensino Médio Bom Jesus, de Gurupi, foi o primeiro colocado no vestibular de medicina da Universidade de Gurupi (Unirg). Ele sempre estudou em escolas públicas do TO, e atribui as conquistas à disciplina e às horas dedicadas aos estudos. “Nunca frequentei cursinho pré-vestibular, qualquer um que coloque metas concretas tem total condição de qualquer conquista, independendo de sua condição socioeconômica”, enfatiza Dowglas, que também foi aprovado em primeiro lugar para o curso de engenharia civil na Faculdade Católica do Tocantins, e ainda poderá cursar matemática na UFT, ou enfermagem na Faculdade de Palmas. No Sistema de Avaliação do Tocantins (Salto) 2013 ele atingiu a nota 9,5.

Alunos da rede estadual aprovados na UFT

Campus de Araguaína – 237
Campus de Arraias – 82
Campus de Gurupi – 146
Campus de Miracema – 91
Campus de Palmas – 246
Campus de Porto Nacional – 169
Campus de Tocantinópolis – 87

 

Da ATN

Obs.:

A REDE TO coloca este espaço à disposição de todos que queiram opinar ou discutir sobre os assuntos que tratam nossas matérias. Partilhe suas opiniões de forma responsável e educada e respeite a opinião dos demais. Contamos com a educação e bom senso dos nossos internautas para que este espaço continue sendo um ambiente agradável e democrático. Obrigado.

  • Aguarde novas notícias.