publicidade
publicidade
Araguaína-TO, quarta, 03 de junho de 2020
Siga a REDE TO

Rede 190

Polícia prende no MA quatro integrantes de quadrilha que assaltou agência dos Correios no interior do TO; dois continuam foragidos

13/01/2014 09h07 | Atualizado em: 13/01/2014 17h01

Divulgação/PM Quadrilha que assaltou agência dos Correios de Campos Lindos é formada por jovens

REDAÇÃO


A polícia prendeu no Maranhão parte de uma quadrilha acusada de assaltar na manhã da última sexta, 10, a agência dos Correios de Campos Lindos, na região nordeste do Tocantins. Foram detidos Josimar dos Santos Morais, vulgo "Josa" (18 anos), Instanley Jordan Rodrigues dos Santos (19), Jonas dos Santos Feitosa, vulgo "Paulete" (20). Além disso, um menor de 17 anos foi apreendido suspeito de participação no crime.

Seis homens participaram da ação criminosa, que ocorreu por volta das 11 horas. Os assaltantes chegaram à agência em três motocicletas, uma NX 150 Bros, uma CG 150 Fan e uma CG 125, todas de cor preta e sem placas. Após invadir os Correios e anunciar o assalto, a quadrilha rendeu o vigilante e roubou cerca de R$ 8 mil. Na sequência, atiraram para o teto do prédio e fugiram em direção a divisa do município tocantinense com a cidade de Riachão (MA). 

Durante uma operação conjunta que reuniu policias militares do Maranhão e do Tocantins, os seis suspeitos foam localizados no povoado de Aroeira, em Riachão. Houve confronto entre militares e bandidos. Na troca de tiros, Josimar foi baleado na perna e preso. O restante da quadrilha fugiu em direção à mata, mas foi perseguido. 
Istanley foi detido ainda na sexta. Jonas e o menor foram capturados no sábado, 11. Os outros dois assaltantes continuam foragidos. 

Com os suspeitos presos,  foram apreendidas duas motos, dois revólveres calibre 38 com quatro munições intactas e uma deflagrada, uma faca com bainha, uma mochila preta, dois aparelhos celulares, uma jaqueta de couro sintético preta com capuz, chaves de fenda, alicate, uma bomba de ar e R$ 2.700 em dinheiro. 

O assaltante baleado foi levado para o hospital de Balsas, onde permanece internado. Ele não corre risco de morte e deve ser encaminhado para um presídio no Tocantins assim que tiver alta. Instaley e Jonas foram transferidos do Maranhão para a delegacia da Polícia Federal (PF) de Araguaína e após prestarem depoimento, encarcerados na Casa de Prisão Provisória de Araguaína (CPPA), onde irão aguardar julgamento. O menor foi internado no Centro de Internação Prisional Nortes para Menores, em Santa Fé do Tocantins. A polícia continua as buscas aos dois foragidos. 


 

Obs.:

A REDE TO coloca este espaço à disposição de todos que queiram opinar ou discutir sobre os assuntos que tratam nossas matérias. Partilhe suas opiniões de forma responsável e educada e respeite a opinião dos demais. Contamos com a educação e bom senso dos nossos internautas para que este espaço continue sendo um ambiente agradável e democrático. Obrigado.