publicidade
publicidade
Araguaína-TO, segunda, 16 de setembro de 2019
Siga a REDE TO

Ação Parlamentar

Freire Júnior cobra instalação de CPI para investigar Igeprev

Para ser instalada, outra CPI, da Celtins, precisa ser encerrada

25/02/2014 17h35 | Atualizado em: 25/02/2014 19h51

Isis Oliveira/Divulgação Freire quer urgência na instalação da CPI do Igeprev

Em pronunciamento na sessão matutina desta quarta-feira, dia 19, o deputado estadual Freire Júnior (PV) defendeu a instalação imediata da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) do Instituto de Gestão Previdenciária do Estado (Igeprev). Ele lembrou aos parlamentares que os supostos desvios de verbas do instituto foram apontados pela Polícia Federal, pelo Ministério Público, pela Previdência Social, pelo Tribunal de Contas do Estado e pelo Banco Central.

Para ele, são tempos difíceis no Tocantins, e um dos problemas mais graves é o escândalo do Igeprev. O que se sabe é que os gestores do instituto aplicaram milhões de reais do dinheiro destinado às aposentadorias dos nossos servidores públicos em fundos podres, criminosos, desarticulados e desmantelados pela Polícia Federal na famosa Operação Miqueias, acrescentou o parlamentar.

Segundo o deputado, “o Igeprev deu carta branca à Diferencial, uma corretora de títulos e valores imobiliários, para gerir cerca de 150 milhões de reais do seu fundo previdenciário, e essa empresa foi liquidada extrajudicialmente pelo Banco Central sob a acusação de fazer operações fora do padrão de mercado”.

“Por que esta Casa ainda não se debruçou, como deveria, sobre um escândalo tão grande, tão grave, tão comprometedor e ameaçador?”, questionou Freire Júnior. Ele também lembrou que, por questões regimentais, a CPI do Igeprev só pode ser criada e instalada quando a da Celtins for concluída, pois a lei não permite a existência de mais de duas comissões parlamentares ao mesmo tempo.

 

Da Dicom/AL-TO

Obs.:

A REDE TO coloca este espaço à disposição de todos que queiram opinar ou discutir sobre os assuntos que tratam nossas matérias. Partilhe suas opiniões de forma responsável e educada e respeite a opinião dos demais. Contamos com a educação e bom senso dos nossos internautas para que este espaço continue sendo um ambiente agradável e democrático. Obrigado.